http://bit.ly/2KL1utX

Equipa técnica abandona Moche LPGO

Uma das competições que surgiu durante o ano passado e que ajudou ao desenvolvimento da nossa scene competitiva poderá não ver uma edição a acontecer em 2018.

A Moche LPGO e TPGO surgiram em finais de Agosto/ início de Setembro juntamente com a Superliga Portugal como tentativas de implementar em Portugal competições de longa duração, tendo feito abordagens diferentes aos seus modelos para Liga. A adesão foi grande apesar de um dos objectivos principais não se ter verificado em ambas as edições, a tão aguardada "estabilidade" pela qual os organizadores lutavam viu apenas 2 equipas - 1 em cada liga - a não fazer alterações nos seus lineups, com algumas das equipas a operar diversas mudanças.


As luzes do palco estão perto de se apagar definitivamente para a Moche LPGO.

Tendo realizado fases finais das suas competições na Lisboa Games Week e na Comic Con com uma prizepool conjunta de 10.000€, as duas competições ficam agora com graves problemas no seio da sua estrutura ao ver a equipa técnica que tornava a realização dos eventos possível abandonar em massa o projecto, deixando o mesmo incapacitado.

A equipa encabeçada por Carlos "KKM" Martins, figura principal e coordenador da Moche LPGO, terá criado a ruptura por alguma insatisfação gerada, alegando que foram várias as razões que a fizeram desistir do projecto. Num comunicado feito na sua página oficial, o próprio assegura que a mesma equipa está já a trabalhar em algo novo em moldes semelhantes, trabalhando num novo projecto de longa duração que acredita, trará mais sucesso que a LPGO.






3399