http://bit.ly/2KL1utX

dixon: "Parte dos objectivos estão cumpridos"

Após a eliminação dos Panthers nas finais da temporada 2 da Superliga BITZER, estivemos à conversa com Diogo "dixon" Santos para perceber o que faltou para a partida contra os Hexagone ter outro desfecho, os balanços que são feitos desta primeira metade do ano consoante os objectivos da equipa e também sobre o formato escolhido e aplicado pela Superliga para estas finais.


"Sem treino acaba por ser complicado enfrentar uma equipa treinada como os Hexagone."

Fraglíder: dixon, no jogo contra os Hexagone vocês iniciam o BO3 na map pick do adversário e conseguem dar uma boa réplica, estando empatados quase até ao fim do jogo e não o conseguem fechar também devido a alguns erros feitos a CT. Uma boa performance na vossa escolha leva-vos até ao train, onde até estavam confiantes mas que acabou com um resultado desnivelado e o fim da vossa participação na Superliga. O que faltou aos Panthers para ter chegado à final na tua opinião?

dixon: Antes de mais, obrigado pela entrevista kazac. Eu penso que o que nos faltou foi mesmo treino, nós já não estamos juntos no servidor há mais de duas semanas portanto sem treino acaba por ser complicado enfrentar uma equipa treinada como os Hexagone, será sempre um jogo difícil. Sinceramente não estava à espera da prestação que tivemos, sabia que podiamos causar upsets mas nada por ai além, estávamos conscientes daquilo que viemos aqui fazer mas ia ser sempre complicado ganhar.

Fraglíder: Tal como já tinha ficado explícito nos últimos dias, vocês apresentaram-se aqui com o obj no lugar do worms que está de saída da equipa. Daquilo que nos podes dizer, o que vos motivou a fazer mudanças? Já existe um jogador em mente para assumir a vaga na equipa? Em caso afirmativo, já realizaram treinos com o mesmo?

dixon: Não fomos nós que quisemos fazer alterações na equipa, foi o próprio jogador que quis sair - ele tem as razões dele, são coisas que ficam dentro da equipa. Relativamente a um quinto jogador, sim já temos um jogador em mente mas não começamos a treinar, não houve nada feito no servidor. Os nossos últimos treinos como tinha dito foram feitos há cerca de duas semanas, altura em que o w0rms abandonou a equipa.


"Até agora parte dos objectivos traçados estão cumpridos, falta o resto do ano."

Fraglíder: Estamos a chegar a meio do ano, já com bastantes competições realizadas. Certamente que a vossa equipa traçou objectivos para esta metade do ano, mesmo tendo sido tu um dos últimos jogadores a integrar este core. Em género de retrospectiva e autoavaliação, que objectivos é que os Panthers cumpriram e quais ficaram por cumprir?

dixon: Os nossos objectivos são sempre os mesmos: chegar às final four das competições e quando lá estamos, jogar jogo a jogo e tentar alcançar a final. Na Master League Portugal, isso não foi possível - quando eu entrei na equipa fizemos logo um jogo contra os Defs ou Team HD em que perdemos 2-0. Na altura, eu não estava completamente inteirado e dentro do playstyle da equipa e acredito que a derrota nesse jogo foi determinante para não irmos à Final Four. Chegamos agora à Final Four desta Superliga com mérito, penso que sem ele não estávamos aqui, portanto até agora parte dos objectivos traçados estão cumpridos, falta o resto do ano.

Fraglíder: O calendário de CS não tem parado e estão a ser anunciadas cada vez mais competições. Com a Cup da Master League Portugal já anunciada que será um objectivo de qualquer equipa e também com os Summer Games da Inygon a serem jogados em Braga, qual é o mindset e objectivos da equipa dos Panthers para este futuro próximo?

dixon: Nos próximos tempos, a nossa equipa também terá alguns torneios fora de Portugal para tentar jogar. Talvez participemos no qualificador presencial da GameGune no final de Julho, logo não é certo que tentemos a participação nesse torneio de Braga mas a Master Cup sem dúvida que é um torneio a ter em conta. Qualquer torneio que seja realizado em Portugal ou Espanha, nós queremos ir - o importante é jogar cada vez mais e marcar presença no maior número possível de eventos.


"A Superliga devia alterar a duração e formato das mesmas para igualar o formato GSL."

Fraglíder: A vossa equipa chegou a estas finais para fazer um BO3 e ser eliminada. O formato atual da Superliga não é consensual dentro da comunidade, havendo jogos ao longo de 18 semanas para realizar as finais num só dia. Estás de acordo com este formato? Que mudanças implementarias no formato para melhorar a competitividade ou satisfação dos jogadores?

dixon: Eu não penso que seja mau ter a fase regular da liga a durar 18 semanas, agora é mau chegar aqui e ter um formato em que um BO3 acaba com as esperanças de uma equipa. Por exemplo, a Moche LPGO e TPGO no ano passado, com o mesmo número de equipas que estas finais, fez competições de dois dias e acho que a Superliga devia alterar a duração e formato das mesmas para igualar o formato GSL usado na LPGO e TPGO.

Esse formato dá mais uma hipótese às equipas de chegar às finais e não ser automaticamente eliminadas após um jogo, num BO3 em que ambas as equipas entram a frio tudo pode acontecer. Secalhar, com mais oportunidades, não só para nós mas para qualquer equipa eliminada, podiamos ter uma dessas equipas a chegar à final - é o que fica a perder qualquer equipa que venha aqui, para além de ser algo injusto.

Fraglíder: Algumas palavras ou pensamentos que queiras deixar no ar para reflexão geral?

dixon: Para o pessoal que fala mal sobre termos vindo aqui, que somos uns noobalhões e por ai, houve muitas críticas ao nosso jogo... tentem ter um bocado de noção que não temos treinado e que viemos aqui enquanto mix, chegamos na mesma à fase final. Vamos ver uns Panthers mais fortes ao longo do ano e posso garantir que as coisas não vão continuar assim como estão. Quero agradecer aos Panthers e a todos os nossos sponsors por nos apoiarem.

Fraglíder: Muito obrigado pelo tempo dispendido dixon e boa sorte para o futuro dos Panthers.







2058