Todas as entradas e saídas dos Portugueses em Espanha

Num dos dias mais movimentados e mais importantes para a scene nacional de Counter-Strike: Global Offensive dos últimos anos, é tempo de recordar e expor quais foram as transferências mais sonantes e que deram nas vistas.


mUt volta a jogar com fox nos Kinguin após ter a sua primeira experiência internacional nos Giants.

Com o encerramento do mercado Espanhol já garantido por estarem fechadas as inscrições para a Superliga Orange LVP, é agora altura de analisar e reorganizar aquele que foi até agora o maior exôdo de jogadores Portugueses para o estrangeiro.



Já ambientado à realidade Espanhola, KillDreaM volta a ter rmn e obj como companheiros de equipa.

Olhando ao número total de Portugueses, a equipa dos Giants é certamente quem mais fez a bandeira nacional ser vista no país de "Nuestros Hermanos". Tendo sido uma das organizações que na temporada passada iniciou a aposta nos nossos jogadores ao pescar Ricardo "rmn" Oliveira e Christopher "mUt" Fernandes que estavam a representar os K1CK eSports Club, os Giants acabaram por não concretizar os seus objectivos.

A saída de Christopher "mUt" Fernandes para os Kinguin foi o início de uma reestruturação profunda que viu Ricardo "rmn" Oliveira ser o único sobrevivente do lineup transacto, atacando agora a nova temporada com a entrada de Miguel "Drifking" García e Omar "Arki" Chakkor, juntando-se também a este lineup João "KillDreaM" Ferreira que estava na equipa dos Team Heretics. A presença Portuguesa não terminou apenas com dois jogadores e Francisco "obj" Ramos que alinhava na equipa dos Alientech irá ter a sua primeira oportunidade fora de Portugal, indo viver para Espanha para possibilitar a esta equipa jogar as competições Espanholas com três jogadores portugueses no seu lineup.

Também Ricardo "Alm" Almeida estará presente nesta nova aventura repleta de portugueses, fazendo a transição enquanto coach dos Heretics para os Giants, de onde também vieram os jogadores Miguel "Drifking" García e João "KillDreaM" Ferreira.




ZELIN e Pizituh eram dos jogadores mais influentes dos Alientech, abraçando agora um novo desafio nos KPI.

Apesar de serem uma das equipas que melhores resultados ia tendo em Espanha, nem os KPI Gaming acabaram por sobreviver ao shuffle que decorreu no país vizinho. A necessidade constante de lutar por mais e melhor levou a equipa liderada por Peter "shhhack" Belej a vir recrutar a Portugal os ex-Alientech Filipe "Pizituh" Pires e Luís "ZELIN" Lousada, reforçando a ideia de que Portugal continua a produzir bons talentos no CS:GO.

O peso da camisola certamente não será baixo para o duo Português já que os KPI são campeões em título dos dois últimos torneios disputados em Espanha, o Bilbao Esports Tournament que contou com bastante presença Portuguesa e também a Superliga Orange LVP. É interessante ver que cada vez mais se olha para Portugal como uma alternativa viável para reforçar plantéis, com a melhor equipa do fim de ano em Espanha a incluir dois portugueses nos seus planos.




million já foi inscrito oficialmente pelos gBots nas ligas, restando apenas finalizar as negociações com os K1CK.

Os finalistas do Bilbao Esports Tournament também não ficaram isentos de mudanças e aproveitaram a ocasião para voltar à base, operando mudanças no seu roster para preparar as próximas edições das competições que se avizinham neste ano de 2018.

Desta feita, e em semelhança com o que foi feito pelos Giants, também esta equipa mudou todo o lineup à excepção de um jogador, trazendo os Espanhóis  José "yurk0" Antón Aspas, Héctor "feR" Jiménez e Cristian "doAm" Álvarez. Para finalizar este lineup, o quinto jogador na mira dos gBots é Pedro "million" Teixeira, jogador que ainda se encontra sob contrato com os K1CK mas que já foi inscrito nas ligas Espanholas, estando como suplente até as negociações entre as organizações estiverem concluídas.




dixon terá a oportunidade de mostrar o que vale em Espanha, tendo suscitado o interesse da equipa dos Baskonia.

Uma verdade é inegável: "a sorte também se procura". Foi precisamente assim que este último meio ano foi para o jogador Diogo "dixon" Santos, somando várias participações numa autêntica montanha russa. De capitão da FTW.PRO a jogador dos K1CK eSports Club em instantes, juntando-se aos Hexagone Esports imediatamente após a separação da equipa dos K1CK, não faltaram jogos para o jogador nacional residente na Holanda mostrar o seu valor.

Ainda que como standin, Diogo "dixon" Santos jogou com a equipa de Renato "stadodo" Gonçalves durante sensívelmente 1 mês, contando com três torneios offline e boas prestações para o jogador. Ajudou a equipa dos Hexagone a chegar ao segundo lugar das finais da Superliga Portugal e da Moche TPGO, tendo jogado no Bilbao Esports Tournament com os Hexagone que foram a equipa Portuguesa mais próxima de alcançar as semi finais. Esta ascenção e a não continuação no lineup dos Hexagone levou a que fosse abordado pelos Baskonia, com os treinos efectuados com a equipa a convencer todos na estrutura que dixon é o jogador que procuram. Conseguirá causar estragos em Espanha?




Apesar de estar fora do radar nacional há algum tempo, panda foi inscrito como suplente dos MAD Lions para as ligas.

A equipa dos MAD Lions não fez grandes alterações ao seu plantel para a nova temporada, tendo no entanto continuado a aproveitar os jogadores que não contam para os planos dos Giants. Depois de terem resgatado Raúl "DeathZz" Jordán e Javier "Vasili" Huélamo na temporada passada, dois jogadores que abandonaram os Giants para dar o seu lugar ao duo português Christopher "mUt" Fernandes e Ricardo "rmn" Oliveira, agora é a vez de Rubén "Torpe" Gómez vestir a camisola dos leões espanhóis.

Na lista de inscrições para a Superliga Orange LVP que agora encerraram, destaca-se a inscrição de três jogadores suplentes em adição aos cinco da equipa principal. Um deles é precisamente português e tem estado apagado dos lineups nacionais - falamos de Flávio "panda" Salgueiro. O jogador de Braga que já vestiu a camisola de K1CK e Alientech está inscrito pela equipa, tendo jogado em Março de 2017 pelos Alientech na xfunction Ozone Cup, somando a sua última aparição como jogador no MESC de Braga, na mix Team A-Style. Irá o jogador voltar ao CS competitivo com mais regularidade?



Resumo das transferências dos jogadores nacionais em Espanha nesta temporada:


ElementoDe Para 
     
Christopher "mUt" FernandesNotícia
João "KillDreaM" FerreiraNotícia
Francisco "obj" RamosNotícia
Ricardo "Alm" AlmeidaNotícia
Luís "ZELIN" LousadaNotícia
Filipe "Pizituh" PiresNotícia
Pedro "million" TeixeiraNotícia
Diogo "dixon" SantosNotícia
Flávio "panda" Salgueiro 




 
Topo