flusha no banco dos fnatic, ScreaM será standin em Nova Iorque

A organização dos fnatic acabou de anunciar que Robin "flusha" Rönnquist irá permanecer futuramente no banco da equipa de CS:GO enquanto exploram opções futuras para o mesmo, enquanto que Adil "ScreaM" Benrlitom voltará a apresentar-se num torneio, desta vez na ESL New York 2018.

Estas movimentações acontecem na ressaca da performance dos fnatic no Major onde pela primeira vez a equipa Sueca ficou fora dos Playoffs, algo que nunca tinha acontecido na história e que proporciona agora mudanças na equipa dos fnatic para voltar a atingir os seus objectivos.


ScreaM volta a ação, desta vez enquanto standin nos fnatic.

O jogador Robin "flusha" Rönnquist é dos elementos com mais história na organização dos fnatic no CS:GO, tendo passado grande parte da sua carreira na equipa e tendo feito parte da conquista do primeiro major patrocinado pela Valve que aconteceu na DreamHack Winter 2013. Mais mudanças irão certamente ser desencadeadas agora que o Major se aproxima do fim e que várias equipas falharam os seus objectivos - esta movimentação nos fnatic acontece com o objectivo de se implementar uma nova cultura e estabilidade.

Em relação a Adil "ScreaM" Benrlitom, este convite representa o regresso do mesmo aos torneios desde que foi eliminado do Minor Europeu com os LeftOut, mix team que aproveitou a vaga dos Team EnVyUs para tentar a qualificação para o maior torneio do circuito de CS:GO.

A equipa dos fnatic irá apresentar-se em Nova Iorque com o seguinte lineup:

 Jesper "JW" Wecksell
 Freddy "KRIMZ" Johansson
 Richard "Xizt" Landström
 William "draken" Sundin
 Adil "ScreaM" Benrlitom (standin)



 
Topo