K1ck abdicam da LPCS, desistência anunciada

De oito restam seis. Está consumada a segunda desistência na primeira divisão da Liga Portuguesa de Counter-Strike. Depois da Grow uP ter sido desclassificada pela própria Inygon da competição após a equipa ter desistido por três vezes de partidas, agora é mesmo a K1ck quem abandona a competição.

Numa publicação colocada nas redes sociais, a entidade admitiu ter entrado nesta segunda edição "apenas para a diversão, rodando jogadores e jogando o jogo pelo jogo sem quaisquer preocupações". Estas palavras vêm no seguimento dos diversos lineups apresentados pela organização durante a competição, confirmando os rumores que referiam a falta de compromisso da mesma.


Depois de 8 jogos, a histórica organização portuguesa abandona mesmo a competição.

De recordar que na primeira temporada, tanto K1CK como ASP terminaram na segunda posição com igualdade pontual. Quer isto dizer, que na segunda edição da LPCS, pelo menos duas das quatro equipas que chegaram antes à fase presencial não irão conseguir repetir o feito.

Caso a Inygon, entidade organizadora da competição, proceda de maneira semelhante ao caso anterior, tanto a Baecon como a HD serão beneficiadas em três pontos cada, referentes às derrotas das duas frente à K1ck. Numa altura em que apenas a OFFSET, vencedora da primeira temporada, tem já o apuramento garantido, estas alterações podem causar mudanças na tabela classificativa e colocar os jogadores agarrados à calculadora.





 
Topo