Portuguesa Replai angaria 1.2M€ de investimento inicial

A startup portuguesa Replai anunciou recentemente uma ronda de financiamento onde foram angariados 1,2 milhões de euros para ajudar a mesma a desenvolver-se a nível de desenvolvimento de negócios e expansão.

Fundada em 2019 com sede no Porto, a Replai nasceu pelas mãos de João Costa e Francisco Pacheco com foco em inteligência articial para automatização de criação de clips e vídeos de melhores momentos de transmissões de Esports ao vivo.

A ronda de financiamento foi liderada pela Bright Pixel com presença também da Ideias Glaciares e Clever Advertising entre outras empresas. Os fundos destinam-se à expansão internacional do projeto com o Reino Unido e os Estados Unidos da América como prioridades, havendo também a intenção de aumentar a equipa e desenvolver o seu negócio.


Os fundadores da startup portuguesa Replai. (Foto por Sá Vila)

O objetivo da Replai é o de gerar receita para patrocinadores e anunciantes enquanto maximiza audiência em torno de eventos de Esports, fazendo uso dos seus algoritmos avançados para criar automaticamente clips personalizados para cada rede social que podem ser partilhados no imediato.

Francisco Pacheco e João Costa, fundadores da Replai, afirmam: "As previsões mostram que os Esports vão superar em breve os desportos tradicionais. No entanto, a monetização ainda está muito atrás de outros campos como os jogos de telemóvel - que devem atingir mais de $100 biliões de doláres em receita durante este ano, por exemplo. 

Portanto, a nossa missão é ajudar as empresas de esports a lucrar com essa mudança de paradigma. Este financiamento permitiu-nos, acima de tudo, juntar um painel de especialistas no gaming e tecnologia que nos vão ajudar a dar o próximo passo em termos de crescimento o mais rápido possível".





 
Topo