Vitality vencem IEM Beijing-Haidian 2020 Europa

Os franceses Vitality recuperaram de um défice de dois mapas para dar a volta à grande final europeia da IEM Beijing-Haidian contra os NAVI, conquistando o seu 1º título de 2020.

As duas melhores equipas da competição encontraram-se numa série à final de 5 mapas com os Natus Vincere a levarem o Nuke de forma tranquila por 16:05 - a entrada de Nabil "Nivera" Benrlitom para o 2º mapa mexeu com as águas, no entanto não foi suficiente para igualar o BO5.

O jogador belga foi o mais esclarecido e determinado na sua equipa para vencer o Dust2, no entanto Aleksandr "s1mple" Kostyliev deu espetáculo com 37 abates para dar a vitória à sua equipa por 16:12. Quando as finais pareciam decididas, apareceu a resposta francesa na série.


Com 118 kills e 96.2 ADR, s1mple foi o MVP da final mas volta a levar para casa a medalha de prata.

Sem segundas oportunidades e obrigada a vencer três mapas, os Vitality conseguiram transformar-se e anular o conjunto russo que não voltou a alcançar os duplos dígitos nesta final. 16:06 em Overpass, 16:09 em Inferno e 16:08 no derradeiro Mirage foram os resultados com os quais os franceses completaram o seu "reverse sweep".

Depois de perder neste ano as finais europeias da BLAST Premier Spring, cs_summit 6, ESL One Cologne e DreamHack Open Fall, os Vitality alcançam o seu tão ambicionado título e asseguram uma vaga no IEM Global Challenge para além dos $60,000 do 1º lugar.

Podes consultar todos os resultados e as classificações finais da prova na nossa cobertura.



 
Topo