StepA:"Em 2019 recebi uma proposta de 500 dólares para viciar o resultado de um jogo"

Simão "StepA" Stepanov deu uma entrevista ao site Uwatch, onde fala de vários temas, como o seu trajeto, objetivos para o futuro, matchfixing, entre outros.

O jovem jogador começa por se apresentar, falando da experiência que foi mudar-se da Rússia para Portugal, com apenas 9 anos, admitindo que foi um pouco difícil devido à língua. No entanto StepA admite que já é fluente em português.

O primeiro contacto de StepA com o Counter-Strike ainda foi na Rússia, tendo experimentado a versão 1.6 do jogo. Aos 12 anos e na companhia de uma amigo, o luso experimentou a iteração mais recente do FPS da Valve, e desde então já soma algumas conquistas, como a entrada na FPL-C.


StepA esteve muito perto de conseguir o apuramento para a FPL.

A principal razão do jogador ter abandonado a competição e os GTZ Bulls foram os estudos. StepA encontra-se no 12º ano e o mesmo já decidiu que após ter terminar o secundário irá dedicar um ano ao CS:GO, antes de seguir com os seus compromissos académicos.

Após a sua saída da organização portuguesa, o jovem jogador ainda recebeu propostas de outras organizações portuguesas, mas que não eram projetos que lhe interessavam.

Na entrevista, StepA é questionado sobre matchfixing, onde o mesmo revela ter recebido uma proposta de 500 dólares. Este episódio decorreu em 2019 na segunda divisão de uma liga portuguesa, com a pessoa em questão, que pertencia aos esports, a oferecer-se a entregar o dinheiro diretamente a casa do jogador.


Depois de terminar o secundário, o português voltará  a tentar a subida para a FPL.

O caso de Fábio "TwixY" Pedro foi assunto, explicando que o seu amigo levou um castigo permanente numa liga, LPCS, devido a matchfixing.

Quando questionado sobre o talento do cenário português, StepA destaca as equipas dos OFFSET e eXploit, além dos SAW. Já na categoria de individualidades o destaque vai para a dupla Christopher "MUTiRiS" Fernandes e Renato "stadodo" Gonçalves  e ainda Filipe "NOPEEj" Dias, Diogo "snapy" Rodrigues e António "Slaxx" Mota, como os próximos talentos do cenário português.

Podes ler a entrevista completa aqui.



 

Conteúdo de excelência para um público exigente.

Copyrighted material used under Fair Use/Fair Comment.

Criado em 1999 e com o objectivo de ser um projecto abrangente das comunidades e para as comunidades de jogadores, o Fraglíder tornou-se a maior e mais respeitada comunidade de eSports em Portugal.

Tendo sempre como objectivo apoiar as comunidades nacionais de jogos online, o Fraglíder recebeu como prémio do seu trabalho um lugar de destaque em Portugal, fruto da dedicação de muitos, que ajudaram a crescer a história do Fraglíder.

Facebook



Games don't make me violent, stupid people do !

Copyright © 2018 Fraglíder

Topo