Master League Portugal 8: 5 jogadores para manter debaixo de olho

A fase regular da oitava ESC Online Master League Portugal arranca esta segunda-feira e mal podemos esperar por ver o talento nacional dentro do servidor. Por isso, e depois de definirmos "5 aspetos a ter em conta" nesta liga, definimos cinco jogadores que, para nós, serão particularmente interessantes de observar. Claro que, além destes, há muitos outros para mantermos debaixo de olho, mas esta listagem é um indicativo do vasto leque de opções que teremos num torneio que se prevê bem competitivo.

Podes acompanhar a cobertura da competição na íntegra aqui.

Diogo "snapy" Rodrigues (OFFSET)

Observar este jovem de 19 anos na oitava Master League Portugal não é apenas observar o talento individual deste jogador. Afinal, snapy é também o in-game leader daquela que é considerada a segunda melhor equipa portuguesa, o que significa que ao observá-lo estamos também a olhar para o jogo da OFFSET dentro do servidor.

A parte mais curiosa, repare-se, é que snapy é um daqueles IGLs que não se limita a liderar o plano de jogo da sua equipa. O portuense é, na realidade, um daqueles IGLs que também mete números na tabela, um IGL que faz muitos abates e que tem importância nesse sentido.


Além de liderar como IGL, snapy também mete números na tabela

Se olharmos para a final four da temporada anterior, por exemplo, snapy foi o quarto melhor jogador, com um rating de 1.15 ao longo de cinco mapas. Aliás, snapy foi o grande destaque da sua equipa na grande final contra SAW, com 76 eliminações e um rating de 1.15. Nesta MLP, esperamos por uma forma tão boa ou, quem sabe, até melhor.


José "shr" Gil (SAW)

Esta temporada, a SAW leva a sua SAW Youngsters até esta competição e a verdade é que não faltam jogadores que queremos manter debaixo de olho neste elenco. O IGL José "Linko" Duro estreia-se na MLP esta época, por exemplo, mas também shr irá cumprir a sua estreia.

Poderíamos falar de Miguel "LucKyMaNN" Mota, sim, que teve uma excelente temporada passada, mas decidimos que o nosso destaque vai para shr, um nome de 20 anos que antes desta nova aventura vestia a camisola da equipa internacional Failen9.


shr é um dos destaques da SAW Youngsters para esta MLP

shr vai entrar em campo como uma das claras peças-chave da SAW Youngsters – basta olhar para os últimos jogos desta equipa. A atuar como entry-fragger, mas, acima de tudo, como uma força a ter em conta, shr é um nome repleto de técnica individual – podemos falar sobre o seu aim ou até sobre o facto de não ter medo de situações de clutch.

Na recente fase regional do Elisa Invitational Fall, por exemplo, shr terminou com um rating de 1.11, um impacto de 1.20 e até com um 84.8 de MDR. Para esta MLP, é uma das nossas apostas: confiamos que o jovem se irá apresentar numa forma excecional para mostrar ao país aquilo de que é capaz.


António "Slaxx" Mota (GTZ Bulls)

Aos 19 anos, Slaxx tem jogos em registos no Fraglíder desde 2018. Foi por volta de 2020, no entanto, que começou a ser mais falado por entre a comunidade.

Hoje está de regresso à GTZ Bulls com companheiros da ex-Iberian Family (IF) e de nomes como Simão "Stepa" Stepanov – e atenção que Stepa também é um jogador para manter debaixo de olho – e tem mostrado boas performances. Curiosamente, é sobre a sua primeira aventura nesta organização que queremos começar por falar.

Repare-se neste exemplo: no início de 2021, na GTZ Bulls, foi ao lado de nomes como Diogo "snapy" Rodrigues e João "dead" Oliveira que Slaxx venceu à OFFSET, por 2-1, em duas ocasiões distintas (numa OMEN WGR e na Snow Sweet Snow 3). Estamos, portanto, a falar de um jogador que vem de uma escola que já nos fez chegar excelentes nomes do circuito nacional.


Slaxx é uma promessa que se tem tornado certeza
 
E por que razão não haveríamos de considerar Slaxx como uma dessas promessas que são cada vez mais certeza? A verdade é que é.

Se provas faltassem, o jovem português deu-as na sua aventura com a Iberian Family, projeto vindo da extinta organização Caronte. Com essa IF, aliás, Slaxx deu 2-0 a equipas como Velox, FTW, Tricked, Lyngby Vikings e até MIBR. Durante esse período, registou um rating de 1.05, uma média de 0.66 mortes por ronda ou até um KAST de 73%.

Com o fim da Iberian Family, Slaxx viu companheiros como Alvaro "SunPayus" Garcia a migrarem para a Movistar Riders. Daí, formou a agora GTZ Bulls e, num curto período de tempo, conseguiu chegar à ESL Masters España e a esta MLP. Para Slaxx, o futuro parece risonho e aqui, no Fraglíder, acreditamos que o jovem irá mostrar porquê nesta MLP.


André "Ag1l" Gil (eXploit)

“Atenção ao Ag1l”, diz-se por aí na comunidade. E quem somos nós para dizer o contrário? Com 18 anos, Ag1l é, a par de Paulo "pr" Silva, a aposta da eXploit para surgir de cara renovada nesta temporada.

Parece que não dada a sua experiência, mas pr também é um jovem jogador, pelo que estivemos indecisos entre estes dois nomes. Este torneio assinalará o regresso à competição nacional do ex-OFFSET e daí a nossa indecisão, mas a verdade é que Ag1l tem menos provas dadas.

Mais do que isso, aliás, e esta é a razão que nos leva a esta escolha, Ag1l tem aqui um dos maiores desafios da sua carreira – por um lado, a entrada na eXploit marca o ingresso na sua primeira aventura grande; por outro, está num projeto que é tido no papel como um dos favoritos a chegar até à final four.


 
Em 2019 atuou pela GeekCase, mas Ag1l começou a chamar particularmente a atenção quando jogou ao lado de nomes como shr e Diogo "Icarus" Cruz na mix maNk – com essa equipa, bateu projetos como os brasileiros da Case ou os espanhóis da Miami Pitingos. Depois disso, o jovem entrou na Rhyno, com quem venceu a AEIST Liga Sigma, por exemplo, mas com quem não conseguiu mais do que um 5-6º lugar na última temporada de MLP.

Agora, numa equipa que é, na teoria, uma das melhores do país, Ag1l entrará em palco para mostrar o seu valor individual, sim, e para dar tudo de si para ajudar a eXploit a fazer mais do que aquilo que tem feito no passado mais recente. E nós queremos ver em que aspetos é que Ag1l será importante nessa tarefa.


Michel "ewjerkz" Magalhães (FTW)

ewjerkz é um dos destaques da For The Win e é, mais do que isso, um dos destaques portugueses na FACEIT. À data de publicação, note-se, é número 1 em Portugal e 14 na Europa. É preciso dizer mais? Vamos a isso.

ewjerkz nunca jogou numa equipa dita grande, mas a verdade é que causa estragos em qualquer servidor que passe. Recentemente, por exemplo, nem Nikola "Lobanjica" Mijomanović se quis acreditar nas capacidades deste nome de 20 anos e chamou-o de cheater numa partida online.

Antes desta sua aventura na For The Win, na qual está desde junho deste ano, ewjerkz foi visto a jogar na Rhyno, que acabou por ser uma das maiores provas do seu talento. Se tiveres interesse (e se não acreditares em nós), podes por exemplo passar pela nossa página de cobertura da última MLP para fazer downloads de demos e te deliciares com este jogador.
 
Nesta temporada daquela que é mais prestigiada liga de CS nacional, aqui no Fraglíder temos certeza de que podes pôr os olhos em ewjerkz se quiseres ver muita bala a cair na cabeça dos adversários – o aim deste jogador é, no fundo, uma das principais motivações para esta escolha.

Mas atenção: escolhermos ewjerkz para esta lista não pretende descredibilizar o talento dos seus teammates. Nesse sentido, não se esqueçam de estar atentos àquilo que Diogo "DDias" Dias e Rafael "arrozdoce" Wing também oferecem à sua equipa em termos de capacidades individuais.




 
Topo