reibi: "Tenho-me dedicado muito para não perder esta oportunidade única"

Depois do primeiro jogo da oitava temporada de Master League Portugal, o MVP da partida, Paulo "reibi" Lima, esteve à conversa com os casters Ricardo "zorlaK" Sousa e Nuno "BhT" Silva para trocar algumas impressões sobre esta série e sobre a sua experiência ao lado da SAW.

Questionado sobre a pressão de entrar numa equipa com indivíduos mais experientes e sobre a sua adaptação até então, reibi disse ser capaz de enfrentar este desafio com seriedade. “No início entrei um bocado em choque porque comecei num nível mais amador para jogar contra equipas mais a sério”, admitiu.

Mas fica a promessa, segundo o jogador que cumpriu a sua estreia na MLP nesta série: “tenho-me dedicado muito para não perder esta oportunidade única”. Afinal, reibi encontra-se num projeto em que “toda a gente o ajuda” e em que “há muita entreajuda”.

Como resposta a uma pergunta sobre quem o ajuda mais, reibi disse que não há ninguém em específico, mas que “pede mais ajuda ao [treinador] Rui "vts" Soares por ser a pessoa mais experiente”. No entanto, este âncora sabe que pode falar com qualquer pessoa, até mesmo com a equipa principal: “eles têm sempre toda a disponibilidade para ajudar”.

Inquirido sobre o seu papel dentro do servidor, reibi respondeu: “como sou âncora, às vezes tenho certas dificuldades em jogar contra equipas melhores. Se morres, estas a meter a tua equipa em risco. Tento melhorar essa vertente. Esse equilíbrio é a coisa mais difícil de [trabalhar], mas ando a trabalhar para isso”.

Ainda questionado sobre os objetivos para esta MLP, reibi foi claro: “o objetivo é a final four”. Depois, tudo será “jogo a jogo”.





 
Topo