Stewie2k: "Tive bastantes desentendimentos com ele [Fallen] e o EliGE também"

A Liquid encontra-se a breves dias de iniciar a sua participação na BLAST Premier Fall Final. A equipa norte-americana não conseguiu alcançar os objetivos pretendidos e, segundo as informações que têm surgido recentemente, irá separar-se brevemente.

No media day deste torneio, Jake "Stewie2K" Yip falou abertamente sobre alguns dos problemas que a equipa enfrentou durante este ano. Jonathan "EliGE" Jablonowski informou os fãs através de uma stream realizada há alguns dias atrás, que a equipa não tem treinado. Confrontado com este assunto, Stewie2K afirmou "É claro aquilo que o EliGE disse na stream. Não temos treinado e, assim sendo, vimos para este torneio sem nenhuma expetativa. A equipa vai fazer mudanças, não é segredo".

Stewie2k abordou os problemas que a Liquid passou durante este ano (Foto por ESL)

Sobre a troca de IGL entre Stewie e Gabriel "FalleN" Toledo, que foi algo que aconteceu várias vezes, o jogador norte-americano disse: "Quando o FalleN entrou na equipa ele estava um pouco atrás na meta de jogo. [...] Então, tentámos trabalhar juntos e implementar algumas coisas. Tive bastantes desentendimentos com ele e o EliGE também. Antes do FalleN entrar, precisávamos de pessoas para assumir o papel, ser um líder e agir como um líder. Alguns não podem ser líderes."

"As personalidades não se podem mudar, então era por isso que precisávamos de um jogador como o FalleN. Assim que ele entrou, sempre achou que eu pensava bem e até o surpreendi no papel de IGL, então eu assumi esse papel e ele ganhou liberdade e centrou-se em ser simplesmente um AWPer e concentrou-se apenas no jogo dele. Após isto o FalleN estava a regressar à forma e a equipa achou que ele deveria ter novamente a chance de assumir o papel de IGL e, desta vez, deixámos implementar o seu estilo. Deixá-lo fazer tudo isto criou problemas extras dentro do jogo, com os quais muitos de nós não concordávamos e tentámos resolver isso, mas com a quantidade de personalidades diferentes que temos e com tantos confrontos, foi difícil chegar a um acordo e decidir algo".

Sobre os confrontos internos que existiram, Stewie revelou "Neste momento está fora de proporção. Os sentimentos vão e vêm, mas são algo que não se pode mudar no momento. [...] Temos tantas estrelas na equipa que estávamos a tentar encontrar as peças certas para que todos estivessem a jogar felizes. No entanto, a longo prazo, creio que é melhor seguirmos caminhos diferentes".

"O Grim é um ótimo rapaz. Acho que a sua ética de trabalho pode ser muito melhor, ele pode trabalhar muito mais, pois é bastante inexperiente e por vezes temos de guiá-lo para certas áreas. No início, nós não estávamos a pensar adicionar o Grim, no entanto, não fomos capazes de obter o elenco que queríamos, mas, precisávamos de um quinto jogador. O Grim estava numa fase de teste e, para mim, senti que ele foi um pouco forçado a entrar no lineup. Acho que ele entrou no lugar errado à hora errada e não foi a melhor experiência para ele, mas tenho a certeza que ele aprendeu muito connosco." foram as palavras deixadas pelo jogador de 23 anos em relação a Michael "Grim" Wince.

As ideias de FalleN chocaram com as da restante equipa (Foto por HLTV)

Os maiores e melhores torneios de CS:GO têm decorrido no continente europeu, o que obrigou as equipas da região norte-americana a viajar bastante para a Europa e a ficar neste continente por longos períodos de tempo. "Este ano estive em casa apenas algumas semanas. Não há tempo para descomprimir. Quando nos estamos a habituar a estar em casa, temos de sair novamente. Viajar é muito difícil, portanto morar na Europa é algo definitivamente a considerar".

A última questão colocada a Stewie foi relacionada com o Major e a prestação da Liquid neste torneio, que ficou um pouco aquém das expetativas. "Ao longo deste ano, os problemas eram recorrentes, iam e voltavam, mas eram sempre os mesmos. Estamos sempre a voltar ao mesmo problema. O problema desaparece e passado um mês volta a aparecer. Tentamos abordar o problema, falar sobre isso, tentamos chegar a um acordo, mas, acabamos por voltar sempre ao mesmo e isso é muito cansativo."

"Quando chegámos ao Major, esta equipa já estava junta há muito tempo e, sabíamos que estava a chegar ao fim o nosso tempo juntos, estávamos numa fase em que sabíamos que as coisas não tinham solução. As coisas não estavam a ir na direção em que o FalleN as estava a ver ou em que eu as estava a ver, ou na direção em que o EliGE estava a ver. Como não conseguimos chegar a um acordo, o melhor é seguir caminhos diferentes. Pessoalmente, este tempo foi uma grande aprendizagem em termos de personalidades e jogar de forma coletiva. Ser capaz de enfrentar as falhas juntos e os sucessos também. Aprendi muito sobre este aspeto e vou usar o que aprendi aqui para não ter de passar por estas coisas novamente no futuro. Vou fazer o meu melhor para evitar isto que vivi, não que ninguém tenha de passar por isto".


(Header: ESL)



 
Topo