Vida da SAW complica na ESEA Premier, após somar a quarta derrota

Complica a vida da SAW na ESEA Premier 39. Derrota, por 2-0, frente à Sprout coloca a organização portuguesa fora dos playoffs e dificulta a manutenção.

A organização portuguesa já realizou metade dos jogos da fase de grupos e ainda era possível chegar aos playoffs, mas precisava de quatro vitórias consecutivas. A abrir esta jornada, a Sprout escolheu Dust2 e a SAW começou no lado defensivo.

Com a vitória na primeira ronda de pistolas, a SAW teve a oportunidade de começar a ampliar a vantagem, no entanto foi rapidamente anulada. A Sprout tomou conta da dianteira do marcador e terminou a primeira metade a vencer por 10-5.

Tudo apontava para uma vitória larga da Sprout, mas aos poucos, os portugueses diminuiram a desvantagem. Só mesmo na 30ª ronda é que o primeiro mapa foi decidido, com os alemães a assegurarem o primeiro ponto da série.

Vertigo foi o segundo mapa do duelo e o mapa de eleição da SAW. Mais uma vez a organização portuguesa começou melhor, mas acabaram por ser anulados pela Sprout. Mais uma vez a perder por 10-5, o lado defensivo português não poderia admitir muitas falhas.

Com a derrota na segunda ronda de pistolas, a organização alemã ampliou o resultado para 13-5. Sem conseguir colocar qualquer ronda, a SAW acabou por perder o segundo mapa e a série.









 
Topo