A “equipa”, formação ibérica composta por três jogadoras portuguesas e duas espanholas, qualificou-se este domingo para as finais em LAN da primeira temporada da ESL Impact League. Depois da vitória sobre a NAVI Javelins, que garantiu o apuramento, Aida “Aidy” García foi a porta-voz da equipa.

“As minhas mãos estão a tremer, estou tão nervosa neste momento. Estou tão feliz”, começou por dizer a jogadora espanhola. Na chave para o sucesso, segundo Aidy, esteve o intenso treino que as cinco jogadoras fizeram na última semana.

“A coisa que trabalhámos foi a map pool. O mais importante para nós foram as pistol rounds e, claro, na última semana fizemos treino intensivo todos os dias. Começámos de manhã, parámos para almoçar e continuámos depois. Esta semana foi muito importante para nós, porque corrigimos muitos erros e acho que foi a chave para nós”, concluiu.