apEX
Fotografia: Miguel Pinto/Fraglider

O francês Dan “apEX” Madesclaire é conhecido pela sua “grande boca”, sendo frequente vê-lo provocar adversários durante os jogos para entrar nas suas cabeças. Na estreia da Vitality na BLAST Premier: Spring Groups 2023, o jogador gaulês não poupou a Astralis, nomeadamente Benjamin “blameF” Bremer, dos seus mind-games.

As duas equipas jogavam o primeiro mapa, Overpass, numa série que viria a ser ganha pela Vitality por 2-0. Numa fase em que o encontro ainda estava equilibrado na primeira parte, o jogador francês cansou-se de ver os habituais saves de blameF e expressou aquilo que muitas mentes da comunidade vão pensando e até expressando por vezes nas redes sociais.

“Blame, joga CS. Para de baitar toda a gente, anda lá”, gritou o francês na direção da zona onde estavam a jogar os dinamarqueses. As palavras de apEX surgiram depois de mais uma ronda onde o jogador nórdico ficou para último e guardou a arma.

Vê o momento:

A “fama” de blameF não é nova, de tal forma que há até quem, entre a comunidade que acompanha o FPS da Valve, faça piadas até com o nickname do jogador, apelidado por vezes de baitF. Desta vez, contudo, apEX decidiu usar isso mesmo para tentar destabilizar e ganhar vantagem sobre o adversário.

No que toca ao jogo, a vitória acabou por ficar do lado da Vitality. Apesar da boa réplica do adversário, a equipa internacional conseguiu vencer em apenas dois mapas.