Fotografia: PGL

O pley.gg conversou com Casper “cadiaN” Møller, jogador da Heroic, que falou sobre o momento que a equipa vive e o facto de irem jogar o BLAST Premier: World Final 2022 com um stand-in.

Naquele que será o último grande evento internacional de CS:GO do ano, a Heroic vai marcar presença no torneio com Kristian “k0nfig” Wienecke como stand-in, em substituição do ausente Martin “stavn” Lund.

Questionado acerca de como escolheu k0nfig, cadiaN referiu o seguinte: “Foi minha ideia trazê-lo. Eu estive a ver os mais diferentes jogadores que podiamos trazer e o que eles iriam trazer à equipa e a escolha foi ele. O k0nfig tem estado bastante bem nos treinos e estou ansioso para o ver nas partidas oficiais”.

“Eu sei que trazer o k0nfig é um bocado arriscado, mas ele tem algo de especial e eu prefiro que ele faça dez kills num jogo e depois 30 noutro, do que alguém que faz 15 kills em dois jogos. Eu sei que se ele estiver a sentir, vai estar muito bem”, rematou o AWPer da equipa.

A equipa liderada por cadiaN chega a este torneio na máxima força, depois de ter vencido o BLAST Premier: Fall Final 2022. Ainda assim, o facto de jogar com um stand-in pode complicar a vida a Heroic. O primeiro duelo da equipa dinamarquesa será contra OG, jogo marcado para dia 14 de dezembro, às 12h.