A conversa em destaque no mundo de WarCraft III já de alguns dias é de que o clan au Fait foi desleal nas finais da NGA WC3 Pro League por fazer ”account sharing” (Um mesmo jogador jogar em diversos jogos utilizando nicks diferentes).
Também foi descoberto que eles fizeram o mesmo na WC3L e que alguns dos seus jogadores tinham contas que levaram reset pela Blizzard nesta temporada de bans.
Felizmente, a NGA e a WC3L executaram sanções severas conjuntamente banindo o clan de ambas as ligas por uma época e os jogadores envolvidos foram suspensos de poderem jogar nestas mesmas ligas.

Assim sendo, a WC3L vai abrir uma ronda excepcional para qualificar um dos 3 clãs escolhidos WCB e pG por terem chegado às finais da qualificação e SK.ger por ter sido o clan que mais sofreu com o cheating dos aF.

Do mesmo modo a NGA fará uma nova ronda de qualificação com alguns dos clãs que não conseguiram qualificar-se para a season 2.

Ainda bem que a Blizzard fez esta temporada de bans antes de começarem as competições senão o caos seria ainda maior. Também esta notícia faz a comunidade toda de WarCraft III ficar bastante contente pois este jogo orgulha-se de ser o único que tem um controlo eficaz, implacável e sem qualquer tipo de tolerância contra cheaters, ainda por cima por parte dos próprios criadores do jogo!

Source:
Artigo NGA
Artigo na WC3L