Fotografia: Stephanie Lindgren/ESL

A 00 NATION conseguiu garantir um dos lugares em disputa no IEM Rio Major 2022 e vai ser mais uma das equipas brasileiras a jogar perante o seu público. Marcelo “coldzera” David, duas vezes melhor jogador do Mundo, vai voltar a pisar o palco de um Major ao fim de três anos e falou com a Dust2 Brasil após o triunfo.

“Fiquei três anos sem jogar um Major, o maior evento do ano. Ainda para mais sendo no Brasil, ficaria muito chateado se ficasse de fora”, começou por dizer o jogador de 27 anos. Para que tudo isto fosse possível, o jogador brasileiro tem estado completamente entregue ao Counter-Strike, de tal forma que deixou de aproveitar outras coisas da vida.

“Tenho jogado 12, 13 ou 14 horas por dia. Coloquei novamente tudo de parte, não vou ao ginásio, não aproveito a vida, só jogo CS”, disse. Uma dedicação destas acaba por não ter origem apenas em si mesmo, mas também nos seus companheiros mais novos: “Por mais que eu tenha conquistado tudo que eu conquistei, jogado o que eu joguei e ganhado os troféus que eu queria ganhar, o sentimento de que eles ainda estão a concretizar o sonho deles é o que nos faz querer jogar ainda mais. Jogar mais horas por dia, olhar para eles e ver que estou atrás e preciso de correr, ser o espelho deles e não o inverso”.

O último bootcamp antes do IEM Road to Rio 2022 foi o ponto de viragem para coldzera, que recuperou a confiança há muito perdida: “Eu começava às 10 da manhã e só parava às 2, 3 horas da manhã do outro dia, todos os dias, sem parar e sem descansar. Isso refletiu-se no meu jogo, na minha confiança. Eu vim para este torneio muito confiante, muito mesmo. Já há muito tempo que eu não sentia um boost de confiança em mim mesmo, na minha mira, nas minhas jogadas, na forma que eu penso em jogar CS”.

A 00 NATION, que inscreveu Ricardo “fox” Pacheco como suplente para o IEM Road to Rio 2022, vai estar presente no Rio de Janeiro. A competição disputa-se de 31 de outubro a 13 de novembro.

Fotografia: Stephanie Lindgren/ESL