Um dos mais incontornáveis nomes do CS brasileiro, Lincoln "fnx" Lau esteve à conversa com a publicação Dust2.com.br sobre a qualificação da Imperial para o Legends Stage no PGL Major de Antuérpia, entre outros tópicos.

Com o carisma que lhe é habitual, fnx não escondeu que se sentiu nervoso e que “tremeu” numa fase inicial do torneio. “Nos primeiros jogos estava todo mundo nervoso, eu principalmente. Voltei a jogar agora em campeonato grande, em Major, vou confessar que estava a tremer no começo dos rounds”, admitiu.

Notando que a partida contra forZe foi “clean” e com “tudo certinho”, fnx referiu que “quer ter a melhor equipa” e que “não precisa de ser o melhor jogador”. “Quando a minha hora chegar eu vou aparecer, eu vou tentar garantir algumas rondas e é isso aí, o fnx começando de novo, renascendo das cinzas", continuou.

“Estamos aqui para treinar e o que der, deu, o inesperado aconteceu, viramos Legends. É continuar batalhando e vamos ver até onde vamos chegar”, adiantou fnx, que não escondeu a vontade de vencer mais um Major: “Eu queria ganhar mais um mundial para me aposentar, então esse é o foco", disse o veterano, que acrescentou: "Não tem como (aposentar se ganhar este Major). Temos de jogar o Major no Brasil ainda”.

O primeiro jogo da Imperial no Legends Stage será contra a BIG já este sábado. Outros confrontos incluem Heroic contra Liquid, FaZe contra ENCE e NAVI contra G2.

Podes ver a entrevista completa abaixo: