A antecipada final do Home Ground by Red Bull jogou-se hoje, favorecendo os G2 por 3-1.

O Icebox era o Home Ground dos Liquid, que os escolheram esperando jogos tão simples como contra os Guild e SUMN FC. Encontraram exatamente o oposto, empatando a metade 06-06 e tendo de ir a prolongamento. Viveram uma vida mais simples nas duas rondas finais, ganhando duas rondas seguidas e começando a série à frente com um 14-12.

Apesar de uma derrota esmagadora dos G2 no Split contra os NIP, os europeus voltaram a Tokyo e reivindicaram o Icebox. Fecharam as entradas e abriram os Spike sites dos ingleses sem problemas e caminharam para um 13-06 incrível, negando o 2-0 aos Liquid e forçando a série ir até aos 3 pontos.


O lado defensivo provou-se melhor para os Liquid que a metade inicial renhida, mas os G2 não cederam facilmente e ameaçaram o prolongamento. Com 12-11 no marcador, os Liquid executaram um retake no B do Haven que garantiu a vitória, mas à negra já que Patryk “paTiTek” Fabrowski levou 2 – o terceiro, Adil “ScreaM” Benrlitom, completou o defuse e ganhou o mapa à sua equipa.

O Bind foi dominado pelos G2 e foram melhores em todos os aspetos. Passando para o Ascent, uma vantagem precoce dos Liquid transformou-se em mais um jogo taco a taco mas onde os G2 acabaram por sair superiores por 13-11, com uma jogada no B de Jacob "pyth" Mourujärvi a fechar o jogo.

As equipas agora afastam-se dos servidores durante uma semana, com os qualificadores para o VALORANT Champions Tour a iniciar dia 4 de fevereiro e a iniciar definitivamente o ano e a competição europeia.

Os prémios do Home Ground by Red Bull ficam distribuídos da seguinte forma:

  • 1º lugar – G2 – £10 000
  • 2º lugar – Liquid – £5000
  • 3º-4º lugar – NIP – £2500
  • 3º-4º lugar – SUMN FC – £2500
  • 5º-8º lugar – Futbolist – £1000
  • 5º-8º lugar – FrenzyGoKill – £1000
  • 5º-8º lugar – Guild – £1000
  • 5º-8º lugar – Monkey Business – £1000