DSYRE VRL DACH
Fotografia: VALORANT Regional League DACH

A GTZ conseguiu a sua primeira vitória no VALORANT Challengers 2023 Portugal: Tempest Split 1, após terem conseguido derrotar a EX0TIC numa partida muito renhida.

Os touros entraram para esta partida à procura de se estrearem a vencer nesta competição, depois de terem sido derrotados por SAW e VINKINGS Fourteen.

A partida entre GTZ e EX0TIC aconteceu em Icebox. O conjunto de Gabriel “starkk” Marques arrancou melhor e conseguiu chegar ao final da primeira parte na frente do marcador, embora que pela margem mínima, 07-05.


Rui “Akira” Barbosa e companhia esboçaram o comeback na segunda metade tendo estado a vencer por 08-11, contudo, a EX0TIC não conseguiu continuar a conquistar rondas e permitiu à GTZ regressar à frente do marcador. Os touros venceram cinco rondas consecutivas e conseguiram a primeira vitória nesta competição, por 13-11.

SAW continua série vitoriosa

A organização portuguesa da SAW regressou esta época ao VALORANT e a sua equipa continua a apresentar-se a um bom nível no VCL. Os warriors conseguiram derrotar a equipa da fénix por 13-05, numa partida disputada em Icebox.

A FTW entrou melhor na partida e conseguiu conquistar as duas primeiras rondas. A partir da terceira ronda a equipa de Tomás “tomaszy” Machado assumiu o controlo da partida e terminou a primeira parte na frente, 08-04.

Se na primeira parte a fénix foi capaz de manter o resultado minimamente equilibrado, a verdade é que na segunda parte isso não aconteceu. Afonso “furyan” de Sousa e companhia apenas foram capazes de parar a ofensiva da SAW por uma vez. No final da partida, o marcador assinalava 13-05 favorável aos warriors.

EGN volta a vencer no VCL

A EGN estreou-se nesta competição com uma derrota frente à EX0TIC. A resposta das abelhas surgiu na segunda jornada, com uma vitória avassaladora frente à FTW, e nesta terceira jornada a equipa de Nuno “silenttt” Rodrigues provou que o que se passou na primeira jornada foi apenas um desaire e que está no VCL para lutar pelos lugares cimeiros.

Ascent foi o mapa que acolheu o duelo entre EGN e Panthers. As abelhas entraram muito coesas defensivamente e na primeira parte concederam apenas três rondas à equipa adversária, terminando a primeira parte em vantagem, 09-03.

Na segunda metade, as panteras não foram capazes de responder e a ofensiva da EGN conquistou as quatro rondas que necessitava para terminar a partida, selando a vitória por 13-03.

A Panthers continua sem conseguir somar nenhuma vitória nesta competição.

VIKINGS Fourteen mantêm-se invicta

A estreante nesta competição, VIKINGS Fourteen continua em grande forma e conquistou a terceira vitória em três jogos. A equipa de Daniel “Ds” Silva derrotou a Impulse Gaming Warriors por 13-07.

O frente a frente entre VIKINGS Fourteen e Impulse Gaming Warriors foi disputado em Icebox. A primeira parte foi muito renhida e terminou com as duas equipas empatadas a seis rondas.

Depois de uma primeira parte equilibrada, a ofensiva da VIKINGS Fourteen conseguiu encontrar bastantes espaços na defensiva adversária e somou sete rondas na segunda metade, enquanto que David “Cunha20” Cunha e companhia apenas conseguiram conquistar uma ronda. Assim, a vitória acabou por sorrir à equipa de Ds por 13-07.

Ao final da terceira jornada, a SAW e a VINKINGS Fourteen mantêm-se invictas e ocupam as duas posições cimeiras da tabela classificativa, enquanto que do lado oposto, Panthers conta com três derrotas, continuando à procura de somar os primeiros pontos.

Podes acompanhar aqui a cobertura do FRAGlíder com todos os detalhes da prova.