snapy
Fotografia: Miguel Pinto/Fraglider

GTZ sofreu esta quarta-feira (25) o segundo desaire na Contenders Stage do Elisa Invitational Winter 2023. A equipa portuguesa não teve argumentos para contrariar a GODSENT e acabou derrotada por 0-2 (6-16 Inferno, 16-19 Vertigo).

A escolha de Inferno por parte dos portugueses acabou por não ter o efeito pretendido. No T side, a GTZ conseguiu colocar apenas cinco rondas no marcador e as coisas não melhoraram na hora de defender. Entre a espada e a parede, a equipa lusa precisava de um bom arranque para chegar perto no marcador, mas não conseguiu fazê-lo e saiu em desvantagem na série.

A equipa de Diogo “snapy” Rodrigues deu depois uma réplica muito melhor em Vertigo, mapa escolhido pelos suecos. Apesar de ter perdido o primeiro par de rondas, a GTZ respondeu com cinco consecutivas para passar a liderar. Ainda assim, a equipa lusa não conseguiu dar seguimento ao grande T side que estava a fazer numa primeira fase, mas as sete rondas arrecadadas davam algum alento para a segunda metade.

O início da segunda parte correu na perfeição aos portugueses, que operaram a reviravolta no marcador para passar a liderar por 12-8. Nesse momento, a GODSENT elevou o nível no ataque e forçou o colapso da defesa portuguesa, que se traduziu em nova cambalhota no resultado e nos primeiros três match points para os suecos. Num último esforço, a GTZ ainda conseguiu empurrar o mapa para o prolongamento, mas saiu depois derrotada.

O desaire desta tarde deixa a GTZ com uma vitória e duas derrotas em três jogos no Elisa Invitational Winter 2023. Para garantir o acesso à fase seguinte, a equipa portuguesa tem que vencer os próximos dois embates.