TeSeS Heroic
Fotografia: Stefan Petrescu/PGL

Os últimos dias não têm sido nada felizes para a Heroic. Depois da saída polémica de Martin “stavn” Lund e Jakob “jabbi” Nygaard do lineup ativo, a organização dinamarquesa caiu 60 lugares na atualização do ranking mundial da HLTV.org que aconteceu na segunda-feira, 30 de outubro, e ocupa agora a sua pior classificação de sempre.

A Heroic anda a passar tempos difíceis. A organização dinamarquesa surpreendeu a comunidade ao anunciar a saída do lineup ativo de stavn e jabbi. Segundo o comunicado emitido pela organização, os dois atletas ordenaram a saída do In-Game Leader Casper “cadiaN” Mølle da Heroic, com a promessa que iriam renovar contrato, mas, para espantos da direção, no dia da renovação, jabbi e stavn informaram que estavam em negociações com a Astralis. Esta informação não terá caído nada bem à direção da Heroic, que decidiu colocar os dois jogadores no banco.

A polémica não ficou por aqui, e depois do comunicado feito pela organização dinamarquesa, stavn deixou algumas farpas à organização que representa desde abril de 2020.

A saída destes dois jogadores levou a que a Heroic tivesse que recorrer a dois stand-ins, Christoffer “Chr1zN Storgaard e William “sirah Kjærsgaard para disputar a Roobet Cup e a Thunderpick World Championship. A equipa dinamarquesa ficou na 9ª/12ª posição na Roobet Cup 2023 e estreou-se na Thunderpick World Championship com um triunfo por 2-1 frente à Nouns.

Lê também:

A situação ficou ainda pior para a Heroic, uma vez que a saída de elementos que foram fundamentais para a ascensão da equipa dinamarquesa no Counter-Strike mundial, levou a que a Heroic perdesse vários pontos no ranking mundial. A organização dinamarquesa caiu do 7º lugar para a 67ª posição, o que representa uma queda de 60 lugares.

Segundo a informação disponível na HLTV.org, esta é a pior classificação da Heroic no ranking mundial.