Um caso de matchfixing está a fazer manchetes na China depois de uma investigação na LDL resultar num total de 28 bans. Duas equipas foram também removidas da liga.

O caso chegou à conclusão no domingo, dia 7, e deu conta das más intenções da Team Orange e da TWELVE na liga. O comunicado oficial foi traduzido por Rita, conhecida na comunidade de League of Legends pelo trabalho de tradução, e pode ser encontrado abaixo.

Como se pode encontrar nesse comunicado, a investigação circunda o jogo entre as referidas equipas no dia 10 de julho. A organização “formou uma equipa especial para investigar” e várias provas levaram à já referida conclusão: Team Orange e TWELVE estão banidas da LDL, bem como vários indivíduos receberam também bans.

Há alguns bans que não excedem os 42 meses, mas 19 indivíduos foram banidos permanentemente de qualquer evento da Riot ou da Tencent. Estes nomes incluem jogadores, managers e treinadores que estão ou passaram pela Team Orange e TWELVE aquando dos acontecimentos, assim como há outros que foram descobertos através de outras investigações.

Curiosamente, o ex-FunPlus Phoenix Liu “Jingyi” Zi-Yan chegou a admitir, através de publicação no Twitter, que perdeu partidas propositadamente no passado. O post foi eliminado, mas Rita inclui essas declarações na tradução disponível acima.