Fotografia: ESL

O jogador brasileiro Lucas “LUCAS1” Teles concedeu uma entrevista à Dust2 Brasil. O experiente jogador está afastado dos servidores desde outubro de 2021, altura em que saiu da 00Nation, porém, o rifler revelou que está em negociações para integrar uma equipa na próxima temporada.

Estou parado há 1 ano, só vendo torneios e pretendo voltar começou por dizer o jogador de 27 anos.

“Assisti ao Major de perto, foi algo muito impactante porque há muito tempo que eu não ia a um torneio, e isso deu-me vontade de voltar. Na verdade, eu já queria voltar a jogar há algum tempo, mas depois da temporada começar é sempre difícil mudar de equipa. Eu quero voltar a competir, nasci para jogar.

“Vou continuar a fazer as streams, mas podem esperar com um regresso. Se Deus quiser vou voltar numa equipa top. Quero trazer troféus para o Brasil, representar bem o país, como sempre fizemos” concluiu.

Semi-finalista do PGL Major Kraków 2017, o brasileiro revelou que o processo de regresso ao ativo já estava numa fase adiantada, uma vez que se encontra a negociar com algumas organizações.

LUCAS1 partilhou o servidor com o seu irmão, Henrique “HEN1” Teles, durante vários anos e em diversas equipas. O brasileiro demonstrou vontade de voltar a jogar com o seu irmão. “Nós jogámos juntos durante bastante tempo. Felizmente, separar-nos foi bom para ambos os lados, por questões profissionais e pessoais. Contudo, quero voltar a jogar com ele, sempre jogámos juntos e tivemos o sonho de querer conquistar tudo juntos. O que eu mais quero é voltar a jogar com ele.

No final da entrevista, o ex-jogador da 00Nation falou sobre as negociações falhadas com O PLANO. “Quando o kNg nos chamou, chamou-me a mim e ao meu irmão. Nós estávamos numa fase de transição, negociando com outras equipas, e infelizmente acabou por não acontecer. Não tenho nenhum problema com o kNg, nós conversamos, jogamos juntos, o que passou ficou para trás, são coisas profissionais. Temos uma história muito bonita. Infelizmente, da última vez não deu certo, mas quem sabe no futuro possa dar.

“É esperar e ver as negociações. Desejo todo o sucesso do mundo para o kNg. Nós temos muitas coisas juntos, vivenciamos o Major e outros campeonatos. As portas estão sempre abertas, já lhe disso isso e ele já me disse a mim também. É dar tempo ao tempo concluiu o rifler.