Fotografia: ESL

A Movistar Riders fez história no Counter-Strike 2, mas não pelos melhores motivos. A equipa espanhola foi a primeira a perder um mapa sem conseguir ganhar qualquer ronda. A equipa que conta com o elemento português Tiago “JUST” Moura foi a primeira a perder um jogo de Counter-Strike 2, sem conseguir vencer qualquer ronda.

A partida em questão aconteceu na final da bracket superior do qualificador fechado europeu de acesso à ESL Challenger Jönköping 2023, onde a Movistar Riders mediu forças com a Spirit, numa partida onde estava em jogo uma vaga na Grande Final da competição.

Anubis foi o primeiro mapa da série, onde a primeira parte foi bastante equilibrada, e terminou com as equipas empatadas, 6-6. O panorama mudou completamente na segunda metade da partida, com a equipa espanhola a apresentar bastantes fragilidades defensivas, não conseguindo travar a ofensiva russa, perdendo assim a partida por 13-6.

Porém, o pior ainda estava por vir. No Overpass, a Movistar Riders não foi capaz de impôr o seu jogo e acabou por ser derrotada pela Spirit sem conseguir somar qualquer ronda no marcador. Assim, no final da partida, o marcador assinalava 13-0 favorável à Spirit.

Este resulta é histórico no Counter-Strike 2, visto que é a primeira vez que uma equipa é derrotada sem conseguir vencer qualquer ronda.

Apesar desta derrota, a Movistar Riders ainda sonha com a vaga na ESL Challenger Jönköping 2023. Para a conquistar, JUST e companhia necessitam de vencer a Looking4Org na final de consolidação, que está agendada para a tarde desta quarta-feira, 11 de outubro, pelas 14h30, e depois, vencer a Spirit na Grande Final, que irá ser disputada também esta quarta-feira, a partir das 19h.