A NAVI é a equipa que mais pistols vence no cenário competitivo de CS:GO neste momento. De acordo com os dados registados pela HLTV, a equipa de Aleksandr “s1mple” Kostyliev é o conjunto com maior sucesso nos pistol rounds disputados na primeira metade do ano.

Ao longo dos 80 mapas que a NAVI jogou e que estão em registo na plataforma, a equipa ucraniana venceu 100 das 160 pistols jogadas. A taxa de 62,5% de sucesso é a maior de todas as equipas com mapas oficiais registados na HLTV. Logo a seguir à NAVI surgem os romenos da Nexus, que em 61 mapas venceram 75 pistols e perderam 47, o que equivale a uma taxa de sucesso de 61,5%.

Se restringirmos os dados apenas às equipas que militam no top 10 mundial, a FaZe Clan surge como a segunda melhor equipa neste aspeto estatístico. Os homens de Finn “karrigan” Andersen têm 114 mapas em registo no presente ano e um saldo de 132 vitórias e 96 derrotas nos pistol rounds, o que em termos percentuais corresponde a 57,9% de sucesso. Este registo deixa os vencedores do PGL Major Antwerp 2022 atrás de NAVI, Nexus, Carpe Diem e MAD Lions na classificação geral.

No que diz respeito às equipas portuguesas, a FTW lidera a tabela. A fénix possui um saldo de 77 vitórias e 67 derrotas nas pistol rounds jogadas ao longo dos 72 mapas que tem em registo em 2022, ou seja, uma percentagem de sucesso de 53,5%. A SAW, segunda melhor equipa lusa, surge bem longe, com um registo de 113-133 em 123 mapas que se traduz numa percentagem de sucesso de 45,9%.

FTW é a equipa portuguesa que mais pistol rounds venceu em 2022

Heroic domina rondas de anti-force

Se o pistol round for bem sucedido surge, geralmente, uma ronda de anti-force de seguida. Nesse departamento, os dinamarqueses da Heroic destacam-se de toda a concorrência.

A equipa de Casper “cadiaN” Møller raramente perde a segunda ronda quando vence o pistol round. Apesar de só ter 56,8% de sucesso nas rondas inaugurais, a Heroic apresenta uma incrível taxa de 96,4% de sucesso nas segundas rondas. A equipa mais próxima dos nórdicos é a MOUZ NXT, com 89,4% de sucesso. A NAVI, que vence mais pistol rounds do que toda a concorrência, tem “apenas” 84% de vitórias na segunda ronda.

Entre as equipas portuguesas, a diferença entre FTW e SAW decresce neste aspeto. A fénix mantém-se na frente, com 76,6% de vitórias na segunda ronda quando vence o pistol round, mas os warriors seguem muito perto com 76,1%.

Reis do force buy moram na Suécia

Se a Heroic é a equipa que melhor aproveitamento tem na segunda ronda quando vence o pistol round, a Savage é a equipa que mais vence na segunda ronda quando perde a inaugural. Os suecos lideram a tabela em termos de force buys bem sucedidos, ainda que seguidos de perto.

Ao longo dos 65 mapas que tem em registo, a Savage venceu 32,8% das segundas rondas quando perdeu o pistol round, uma taxa que permite à equipa estar à frente dos turcos da Eternal Fire, que têm bastante mais mapas em registo (133), mas uma percentagem de 32,5% de sucesso nos force buys de segunda ronda.

No que toca às equipas portuguesas, a SAW ultrapassa a FTW de forma clara nesta estatística. A equipa de Christopher “MUTiRiS” Fernandes apresenta uma taxa de sucesso de 25,6%, ao passo que a FTW é bem sucedida em apenas 11,9% das ocasiões.