A Legends Stage do PGL Major de Antuérpia recebeu esta quarta-feira mais três confirmações: Team Spirit, Outsiders e ENCE. Os três conjuntos venceram os respetivos encontros – formato BO3 – no lote de equipas que estavam com um registo de 2-1 e conseguiram a terceira vitória, número mágico para selar o apuramento. No outro extremo, Complexity, IHC e Eternal Fire despediram-se da competição.

O dia começou com os russos da Team Spirit a surpreenderem a Astralis em apenas dois mapas. Abdul "degster" Gasanov teve uma série verdadeiramente impressionante e a equipa da zona CIS começou por reverter um 5-10 em Overpass, mapa que escolheu, para triunfar por 16-12.

Os dinamarqueses tiveram depois a hipótese de responder no seu mapa, Ancient. Porém, a Team Spirit foi sempre a melhor equipa dentro do servidor e chegou ao intervalo a vencer por 10-5. Na segunda metade, mesmo do lado – atacante – teoricamente mais complicado, os russos continuaram mais fortes e fecharam o mapa em 16-6.

Ao mesmo tempo, Imperial e IHC jogavam pela vida na prova. A equipa da Mongólia arrancou melhor e confirmou a escolha de Mirage com um triunfo por 16-11. Entre a espada e a parede, a equipa de Gabriel "FalleN" Toledo precisava de vencer os dois mapas restantes para se manter na prova e foi isso mesmo que fez. 

A reviravolta começou com um 16-10 em Overpass, mapa da Imperial, com um grande CT side dos brasileiros e uma bela performance individual de Ricardo "boltz" Prass. Em Inferno, boltz continuou a ser dos mais influentes, juntamente com FalleN, e os sul-americanos venceram por 16-12 para continuar na luta pelo apuramento para a fase seguinte.

Na mesma toada, a segunda série de encontros voltou a trazer um embate de apuramento e outro de eliminação. Na luta pelo bilhete para a próxima fase, a forZe voltou a estar a um mapa do estatuto de challenger, ao vencer Dust2 por 16-12, mas uma vez mais morreu na praia. A Outsiders deu a volta – 16-10 em Mirage e 16-11 em Inferno – para marcar presença na Legends Stage.

A lutar pela vida estavam duas equipas norte-americanas, Complexity e Liquid. O favoritismo tinha de ser atribuído ao conjunto de Jonathan "EliGE" Jablonowski e este correspondeu, ao vencer ambos os mapas – Ancient e Vertigo – por 16-12 para passar a ter um registo de 2-2 e ainda sonhar com o apuramento, depois de um arranque de prova com dois desaires nos primeiros embates.

A jornada desta quarta-feira terminou com a ENCE a confirmar o apuramento diante da Bad News Eagles e com a MIBR a manter-se na luta. A ENCE, número três mundial, teve que trabalhar para levar de vencida os corajosos kosovares, mas conseguiu um 16-13 em Dust2 e um 16-9 em Nuke para selar o triunfo.

Também em dois mapas a MIBR mandou a Eternal Fire para casa. Em Vertigo, escolha dos turcos, a equipa de Adriano "WOOD7" Cerato venceu por 16-13, muito por culpa de um ótimo CT side. Já em Nuke, o mapa escolhido pelos brasileiros, a Eternal Fire ainda chegou ao intervalo em vantagem (9-6), mas a MIBR pegou no jogo por completo no lado defensivo e triunfou por 16-11.

A Challengers Stage do PGL Major de Antuérpia termina esta quinta-feira com as últimas vagas para a Legends Stage a serem atribuídas. Na discussão pelo apuramento vão estar os conjuntos que têm agora um registo de 2-2, sendo eles forZe, Liquid, Imperial, Astralis, Bad News Eagles e MIBR.