Fotografia: João Ferreira/PGL

IEM Rio Major 2022 vai ser palco de história para o Counter-Strike da Roménia. Pela primeira vez na sua história, o país vai estar representado no maior torneio do cenário competitivo do FPS da Valve, ainda que não com uma equipa, mas com jogadores individuais.

E como dois é sempre melhor que um, o cenário romeno vai estrear-se logo com dois jogadores entre a elite. Os atletas em questão são Laurențiu “lauNX” Țârlea, que representa a Sprout, e Ivan “iM” Mihai, que está ao serviço da GamerLegion.

Curiosamente, tanto lauNX como iM passaram pela Nexus, a equipa mais relevante no cenário romeno, antes de rumarem a projetos com outro tipo de ambições. O primeiro assinou em maio pela Sprout e, aos 17 anos, tem-se afirmado como um dos maiores jovens talentos do cenário internacional.

Desde que chegou à organização alemã, lauNX já conseguiu um 3-4.º lugar na ESL Challenger Valencia 2022 e vai agora estrear-se num Major. Também a Sprout vai ter direito a uma estreia no Rio de Janeiro: é a primeira vez na história que a organização consegue o estatuto de Legend. O emblema germânico soma a segunda participação em torneios da categoria, mas no ELEAGUE Major: Boston 2018 jogou enquanto Challenger.

Quanto a iM, o jogador de 23 anos representa a GamerLegion desde abril de 2021 e foi um dos sobreviventes à recente reestruturação do lineup. As mudanças acabaram por surtir o efeito desejado, já que a organização garantiu pela primeira vez o apuramento para um Major, o que significa que o romeno também se vai estrear. Ao longo do último ano, os melhores resultados obtidos por iM com a GamerLegion foram o terceiro lugar na ESEA Season 39: Premier Division – Europe e o 3-4.º lugar na Pinnacle Winter Series #2.

À medida que se vai compondo o lote de equipas apuradas para o IEM Rio Major 2022, também se vão escrevendo novas páginas no livro da história da modalidade. A mais recente engloba dois jovens romenos que carregam consigo a esperança de um país, o 48.º a estrear-se num Major. E o mérito de lá ter colocado a Roménia já ninguém lhes tira.