Fotografia: Miguel Pinto/Fraglider

Em jogo a contar para ESL Pro League Season 17: European Conference, a SAW venceu a Endpoint por 2-1 e está a apenas um triunfo de garantir uma vaga na próxima edição da ESL Pro League.

À imagem do que tinha acontecido no jogo de ontem, a equipa portuguesa não entrou da melhor maneira. Contudo, a Endpoint é de um patamar acima relativamente ao adversário do último jogo, e conseguiu explorar bem as dificuldades da SAW. Foi desta forma que a organização europeia fechou o T Side a vencer por 10-5.

A atacar, a SAW melhorou bastante e, após um bom início, conseguiu voltar a intrometer-se na luta pelo primeiro mapa. O final foi bastante disputado, mas a vitória acabou por sorrir para Endpoint, que fechou o primeiro mapa com um triunfo pela margem mínima(16-14).

No Nuke, apesar de ter perdido a ronda de pistolas, a equipa portuguesa conseguiu recuperar e mostrou-se bastante bem no T Side. A formação liderada por Max “MiGHTYMAX” Heath não esteve mal, mas os portugueses saíram por cima na primeira metade, com o marcador a registar um 9-6.

Na segunda parte, a atacar, a Endpoint entrou na máxima força e rapidamente deu a volta ao marcador, colocando-se na frente por 12-9, com seis rondas conquistadas de forma consecutiva. Depois disso, os warriors acordaram e aplicaram-se para vencer o Nuke por 16-12.

Ao contrário do que tinha acontecido nos outros mapas, no Vertigo, mapa que a formação portuguesa gosta de jogar, a SAW, a atacar, conseguiu superiorizar-se ao seu adversário, vencendo o T Side por 9-6.

Na segunda metade, a Endpoint arrancou melhor e rapidamente voltou a entrar no jogo. Porém, os warriors conseguiram acertar a defender e apesar do grande equilíbrio, conseguiram vencer o mapa por 16-13 , vencendo também a partida por 2-1.

Com este triunfo, a SAW fica agora a um jogo de garantir um lugar na ESL Pro League S17. A próxima partida da equipa portuguesa será já amanhã, às 15:30, contra o vencedor do duelo entre forZe e 9INE.