GTZ anunciou esta quinta-feira a saída de António “Slaxx” Mota do lineup ativo da organização. O emblema português cita “motivos académicos e pessoais” como razão para a mudança.

A notícia surge esta quinta-feira e com alguma surpresa, numa altura em que a GTZ prepara as participações nas fases finais da OMEN WGR Retake S5 e da Master League Portugal S10. Contactada pelo FRAGlíder, a organização confirmou que Slaxx já não atua nas duas provas e que a equipa vai atuar com João “dead” Oliveira como stand-in.

A equipa da GTZ para a OMEN WGR Retake e Master League Portugal:

Diogo “snapy” Rodrigues
Rafael “rafaxF” Ferreira
José “Linko” Duro
Filipe “NOPEEj” Dias
João “dead” Oliveira (Stand-in)

João “w0rms” Cerdeira (Treinador)

Esta não é a primeira vez que dead vai jogar ao lado da restante equipa da GTZ. No início da temporada, o jogador também atuou como stand-in nos primeiros qualificadores para o IEM Road to Rio 2022, sendo que foi com ele que a equipa portuguesa ficou muito perto de conseguir o apuramento logo no primeiro qualificador.

Quanto a Slaxx, de 21 anos, deixa a GTZ ao fim de cerca de três meses. O rifler integrou o novo projeto da organização portuguesa, anunciado em agosto, depois de ter representado a OFFSET na primeira metade do ano. Anteriormente, Slaxx já tinha representado a GTZ Bulls por duas vezes, antes da organização passar pelo processo de rebranding que coincidiu com o arranque deste novo projeto de CS:GO. O futuro do jogador português, que também deu nas vistas ao serviço da Iberian Family, é ainda incerto.