A Team Liquid continuou esta sexta-feira a caminhada no Major de Rocket League. A equipa que conta com os portugueses Bruno “AcroniK.” Lopes e André “Xpére” Costa (treinador) surpreendeu a G2 Esports, campeã do último torneio Major e primeira cabeça de série da prova, para seguir em frente na lower bracket.

O arranque da série, jogada em formato BO5, não foi nada famoso para a organização neerlandesa. A Team Liquid esbarrou num adversário coeso a nível defensivo e eficaz na ofensiva e, por isso, foi a G2 Esports a vencer os primeiros dois encontros por 3-1 e 3-0, respetivamente.

Os resultados dos primeiros encontros colocaram a equipa de AcroniK. e Xpére entre a espada e a parede. Para continuar em prova, a Team Liquid teria que operar uma reviravolta épica e foi isso mesmo que fez. A recuperação teve início com um triunfo por 3-1 na terceira partida de uma série sempre muito equilibrada.

No quarto embate, o equilíbrio foi ainda maior e foi pela margem mínima (2-1) que a Team Liquid saiu por cima para forçar o quinto e decisivo encontro. Na hora das grandes decisões, AcroniK., Oskar “Oski” Gozdowski e Tristan “Atow.” Soyez foram capazes de replicar o feito do embate anterior e voltaram a vencer por 2-1 para continuarem em competição.

Lê também:

Após uma grande vitória, a Team Liquid continua a trilhar o seu caminho na lower bracket e já garantiu um lugar no top 8. A terceira ronda joga-se este sábado e a organização neerlandesa mede forças com a Moist Esports, que eliminou a Pioneers por 3-0. O encontro será, uma vez mais, em formato BO5. Em caso de vitória e de respetivo apuramento para os quartos de final, a Team Liquid passará a jogar em formato BO7.