A organização norte-americana dos 100 Thieves irá abandonar o cenário de Counter-Strike, segundo um report elaborado pelo jornalista Luís "MIRAA" Mira no portal HLTV.org.

A decisão dos 100 Thieves se retirarem do vídeojogo da VALVE acontece um ano após terem contratado o roster que pertencia aos Renegades.Os 100 Thieves entraram no cenário de Counter-Strike em 2017 após contratarem o core do roster brasileiro que alcançou as finais do PGL Major Krakow em 2017, composto por Lucas "⁠LUCAS1⁠" Teles, Henrique "⁠HEN1⁠" Teles and Vito "⁠kNgV⁠" Giuseppe.

No entanto, devido a problemas com o passaporte de kNgv- a equipa foi dispensada da organização sem realizar um único torneio.

Os 100 Thieves irão abandonar o cenário de CS (Foto por HLTV.org)

A organização liderada por Matthew "Nadeshot" Haag voltou a reaparecer no cenário de CS em Outubro de 2019 com a contratação do lineup que pertencia aos Renegades. Os 100 Thieves alcançaram a 5ª posição do ranking mundial e o 2º lugar da IEM Beijing 2019. 

Os 100 Thieves pretendem agora retirar-se do CS após Chet "⁠Chet⁠" Singh ter-se mudado para o VALORANT, Justin "jks" Savage está em negociações com os Complexity e Joakim "⁠jkaem⁠" Myrbostad tem recebido várias propostas para representar outras equipas.

O lineup que representou a organização norte-americana no último ano consiste em:

 Aaron "AZR" Ward
 Justin "jks" Savage
 Jay "Liazz" Tregillgas
 Sean "Gratisfaction" Kaiwai
 Joakim "⁠jkaem⁠" Myrbostad