horvy: "Vou ter de aguardar pela minha situação contratual"

A equipa do portal Fraglíder divulga agora a primeira entrevista realizada no Moche XL Esports durante este fim de semana, trocando algumas ideias com João "Horvy" Horvath, jogador que passou pelos K1CK e Immortals. Sem equipa neste momento mas com contrato, o jogador aborda essa questão bem como o convite efectuado pelos FaZe Clan para ir jogar a ESL One Belo Horizonte que acabou por não se concretizar. 


(Estou cada vez mais provando que posso estar entre os melhores"

Fraglíder: Estamos na presença do João "horvy" Horvath, jogador que está neste momento ligado à organização dos Immortals e que veio assistir ao Moche XL Esports. Olhando aos jogos que já tivemos hoje, Vodafone Giants x OFFSET Esports e Winstrike x Movistar Riders, que estás a achar da qualidade dos mesmos e da produção do evento? Consegue equiparar-se de alguma forma a eventos maiores que são realizados lá fora?

horvy: Acho que o evento em geral está com uma boa qualidade, tem alguns defeitos a nível de organização na entrada, coisas que você vai melhorando ao passar por essa situação, não tem outra forma mesmo. É o maior evento que teve aqui em Portugal, é sempre somando então com esse tamanho é normal que existam coisas para melhorar com certeza, mas para ser o primeiro evento desse porte está muito bom.

Fraglíder: Estiveste ligado nesta semana a uma potencial situação de standin na equipa dos FaZe Clan que acabou por não se realizar. Acabaste por não ir para o lugar do olofmeister disputar a ESL Belo Horizonte com a equipa a levar nessa vaga o cromen. O que significava para ti essa oportunidade e qual foi o maior impeditivo para não te juntares a eles no evento da próxima semana?

horvy: Não poder jogar com a FaZe tira-me uma oportunidade de poder voltar a mostrar-me a um alto nível mas a questão de não poder, o que aconteceu não é algo em que eu possa entrar em muito detalhe por causa de profissionalismo. Tive azar de minha parte, acabou aqui. Podia estar finalizando um processo de conversas mas acabou mesmo por fechar o processo em geral, acabando eles por optar pelo cromen.

Pelo menos, acho que só de ter o meu nome levantado por uma equipa como a FaZe para ir jogar com eles na ESL One BH já é uma grande alegria, é sinal que estou no caminho certo naquilo que estou a fazer de momento. Estou num grind na FPL quase todos os dias practicamente e se me escolheram, quer dizer que eu sou um jogador apto a jogar a um alto nível e mesmo sendo na FPL, acho que estou cada vez mais provando que eu posso estar entre os melhores mas falta algo novo para regressar a esse nível.


"Jogar sério vai ter de aguardar pela minha situação contratual"

Fraglíder: Falando da FPL, neste momento a nível competitivo tens estado estagnado com uma ou outra participação em mixes como na MadMonkeyz e na DreamHack Valência. Estando ligado contratualmente aos Immortals, não podes juntar-te de livre vontade a outra equipa sem que seja antes negociado o teu passe. Quais os teus planos futuros neste momento e como está a correr a aventura na FPL? Sentes-te a evoluir?

horvy: Com certeza, estou evoluíndo. Essa aventura que eu estou tendo no grind da FPL está me ajudando muito, era algo que eu não tinha nos meus primórdios. Jogar todo o dia com e contra os melhores do mundo e a FPL obviamente me ajuda na hora de ir para esse nível e estar numa partida crucial.

Em questão às mixes, eu joguei uns regionais só para brincar mesmo e acabou a gente por fazer uma mix para jogar o qualificador da DreamHack Valência com mixwell, Kairi, desses jogadores. A gente não estava jogando super sério mas fizemos uma boa fronta aos Giants, foi bacano jogar. Agora, para mim voltar mesmo a jogar sério vai ter de aguardar pela minha situação contratual ou que outro time se interesse.

Fraglíder: Sendo de origem Brasileira, certamente que ficaste feliz com a notícia da oficialização do regresso da marca MIBR, lendária e de referência para todos os Brasileiros no tempo do CS 1.6. Que significa para ti esse retorno e que esperas que eles façam agora no CS:GO?

horvy: Eu espero que eles venham com um lineup muito forte, que consigam brilhar mais do que aquilo que fizeram na época do CS 1.6. Mostrar essa Tag lendária, para todo o Brasileiro é matéria que fez muito pelo nosso país e pelo Counter-Strike. Com certeza eles conseguirão trazer mais felicidade aos Brasileiros e será muito bacano voltar a ver essa tag dentro dos servidores.

Fraglíder: Muito Obrigado horvy e boa sorte para o teu futuro!




 
Topo