Superliga Dinamarquesa entra nos Esports com liga de FIFA 19, terá $50,000 em prémios

A principal liga de futebol dinamarquesa oficializou a sua entrada nos Esports com o lançamento de uma liga virtual, a eSuperliga em que todas as equipas presentes no principal escalão de futebol dinamarquês terão de recrutar pelo menos dois jogadores para a representarem nesta Liga agora criada com $50,000 em prémios.

Esta iniciativa surge em parceria com a DreamHack e continua a expandir os horizontes do FIFA enquanto Esports e a presença dos clubes da modalidade também no virtual, com esta liga a obter transmissão online através da plataforma de streaming Dplay que pertence ao grupo Discovery Networks Denmark e também terá tranmissão na televisão nacional dinamarquesa para os jogos mais importantes da eSuperliga que conta com jogos semanais e com as oito melhores equipas da fase regular a seguir em frente para os Playoffs.


Equipas como o FC Copenhagen já estavam presentes nos Esports através do projecto dos North, entrando agora também com a sua própria marca. (Foto por FCK)

Para além dos $50,000 em prémios, um dos maiores atrativos para os jogadores que forem selecionados para representar as equipas de futebol dinamarquesas é mesmo o facto de a eSuperliga estar registada como um qualificador oficial para a FIFA eWorld Cup que corresponde ao mundial de jogadores e que na sua última edição viu o vencedor levar para casa $250,000 - o vencedor da eSuperliga estará assim presente na maior prova do FIFA 19 Global Series. Cada equipa terá de ser formada por um mínimo de dois jogadores e um treinador, com o regulamento da competição a obrigar a que pelo menos um dos jogadores tenha assinado um contrato profissional com a equipa que o acolher.



 
Topo