XF Iberia e equipa de CS:GO seguem caminhos distintos

Num comunicado surpreendente, a organização dos XF Iberia comunicou que a equipa que os veio a representar durante esta temporada já não se encontra nos quadros da organização, chegando assim ao fim a ligação que se formou após os qualificadores abertos para a Liga Portuguesa de Counter-Strike.

Os jkrats só precisaram de participar no primeiro qualificador aberto da LPCS para carimbar uma presença no Qualificador Fechado que decorreu no final de Janeiro na Clickfiel, torneio em que participaram já enquanto XF Iberia e onde estiveram muito perto de conseguir uma vaga na primeira divisão da liga, perdendo para os Panthers no jogo decisivo.


Starkj e a sua equipa encontram-se sem uma organização para representar.

Começando esta temporada na segunda divisão da Liga Portuguesa de Counter-Strike, os XF Iberia rapidamente se destacaram das restantes equipas e mantiveram a liderança até ao fim com uma margem confortável sobre o segundo classificado, resultado que lhes valeu o título de campeões da liga e um lugar direto na próxima temporada da primeira divisão. A organização não ficou no entanto isenta de polémicas devido às circunstâncias em torno de Gabriel "starkj" Marques, jogador que foi suspenso da LPCS devido ao estado da sua conta FACEIT e que não pode participar nos últimos jogos da fase regular.

No comunicado efetuado, não é dada qualquer razão para esta decisão que foi tomada pela organização. De recordar que apesar de já terem alcançado o seu objetivo, os XF Iberia ainda terão de competir nos Playoffs da LPCS D2 para discutir a grande fatia da prizepool destinada a essa divisão.

A equipa da XF Iberia era composta por:

 Gabriel "starkj" Marques
 Diogo "Jaepe" Fernandes
 António "Slaxx" Mota
 Rafael "rafaxF" Faria
 Diogo "rbr" Ribeiro




 
Topo