Baecon Gaming Group cessa atividade

A Baecon Gaming Group acaba de revelar que chegou o dia de “terminar a história” da organização. O anúncio foi feito na noite de quarta-feira através de publicação nas redes sociais.

“Foram quatro anos de muita luta, sofrimento, mas sobretudo de muitas alegrias onde pudemos partilhar e conhecer pessoas fantásticas”, pode ler-se nessa publicação. “Uma casa onde vibrámos e chorámos, onde de desconhecidos passámos a ser família”, diz ainda o comunicado.

O anúncio chega algumas horas após Ricardo "K1K0" Barros ter revelado que iria deixar os quadros da organização: “após muita reflexão, sem rodeios e falando como sempre falei com sinceridade e frontalidade total, anuncio hoje a minha saída da BaeconGG”, explicou o CEO do clube.


“Foram quatro anos de luta intensa, mas ricos em experiências. Não posso deixar de agradecer a todos que por esta casa passaram (staff, streamers, atletas) pois mudaram a minha vida. Agradeço a todos por tudo. Até já”, disse ainda K1K0.

No Twitter, várias pessoas têm reagido a esta notícia, como é caso de Filipe "Pizituh" Pires a declarar que esta é “uma grande perda para o CS nacional” na publicação do CEO.

Fundada em 2017, a BaeconGG foi criada com o objetivo de ser uma “organização multi-gaming focada em juntar o melhor de cada jogo e facultando toda a comodidade a todos os jogadores”, como se pode ler na página de Facebook do clube.

Por entre aventuras em títulos como CS:GO ou PUBG, um dos maiores feitos deu-se em 2020, quando a equipa de CS levantou a taça da sexta temporada de Master League Portugal.

“Tal como a fénix, poderemos voltar a renascer. Obrigado a todos que de alguma maneira apoiaram e contribuíram para estes quatro magníficos anos e não desistam de nós, porque nós certamente não vamos desistir de vocês”, rematou o agora extinto clube no anúncio oficial.




 
Topo