ESL Challenger Melbourne
Fotografia: ESL

A indústria dos esports vive tempos complicados. Os despedimentos vão se somando e, desta vez, atingiu o ESL Faceit Group que demitiu 15% da equipa, dois anos depois da fusão entre as duas empresas.

Em janeiro de 2022, o Savvy Games Group adquiriu a ESL e a Faceit por 1,5 bilhões de dólares, tornando-se assim a maior empresas no mundo dos esports. Cerca de dois anos depois, voltam-se a reduzir custos.

“Para garantir que o Grupo ESL Faceit continua a evoluir no mercado a um ritmo acelerado, planeamos reduzir o tamanho da nossa equipa em cerca de quinze por cento. Esta mudança foi projetada para apoiar as ambições de crescimento sustentável e lucrativo do EFG”, disseram Craig Levine e Niccolo Maisto, co-CEOs.

O ESL Faceit Group explicou que a decisão de demitir funcionários não foi tomada de ânimo leve, mas sim com o intuito de “agilizar a organização e integrar melhor as equipas em toda a empresa.”

Convém mencionar que esta é a segunda vaga de despedimentos que acontece na empresa. Em julho de 2023, a Esports Engine, também detida pelo ESL Faceit Group, demitiu cerca de 56 funcionários.