Fotografia: Riot Games

100 Thieves anunciou na noite desta quinta-feira a contratação da tão falada “super-equipa” de League of Legends (LoL) que vinha sendo apontada à organização. Na próxima temporada, a organização norte-americana vai apresentar um quinteto praticamente todo renovado.

Em relação à última equipa que defendeu as cores do emblema na LCS, apenas o turco Can “Closer” Çelik se mantém a bordo. O jungler turco assinou contrato com a 100T em novembro de 2020 e mantém o seu lugar na equipa ao fim de dois anos.

Nas restantes posições, a organização apresenta novidades. A top lane vai ficar ao encargo do canadiano Milan “Tenacity” Oleksij, jogador que já teve uma passagem pela equipa principal, mas que em junho havia seguido para a academia. Também da 100 Thieves Academy chega o norte-americano Alan “Busio” Cwalina para assumir a função de support.

Os reforços de peso surgem para as funções de midlanerAD Carry. Para ocupar a primeira, a 100 Thieves conta agora com o dinamarquês Søren “Bjergsen” Bjerg. O jogador de 26 anos representou a Liquid na última temporada e conta com um palmarés recheado, com seis troféus da LCS e três troféus de MVP na competição (2015 a 2017) no currículo.

Também com vários títulos na prateleira surge Yiliang “Doublelift” Peng, o novo AD Carry da equipa. O norte-americano, de 29 anos, colocou a reforma em pausa e vai regressar à competição profissional. Com oito títulos na LCS, Doublelift é o recordista da competição.

A 100 Thieves é agora composta por:

Milan “Tenacity” Oleksij
Can “Closer” Çelik
DK Søren “Bjergsen” Bjerg
Alan “Busio” Cwalina
Yiliang “Doublelift” Peng

Na nova temporada, a 100 Thieves vai procurar melhorar os resultados do último ano. Em 2022, a organização ficou em segundo lugar quer na LCS Spring 2022, quer na LCS Summer 2022. Posteriormente, o emblema norte-americano não foi além de um 11-14.º lugar no 2022 World Championship.