Fotografia: Twitch

Mais uma vaga de despedimentos no mundo do gaming. Nos últimos tempos a indústria tem sido severamente afetada por uma crise financeira que tem levado as empresas a dispensar vários trabalhadores.

Na passada terça-feira(9), a jornalista Cecilia D’Anastasio, do Bloomberg, partilhou uma reportagem onde afirma que a Twitch terá despedido cerca de 35% dos seus trabalhadores, o que representa 500 pessoas.

O mais preocupante é que está é a segunda vaga de despedimentos da empresa recentemente. Em março de 2023, esta também havia despedido cerca de 400 trabalhadores. No total, são já quase mil pessoas que perderam o emprego numa das maiores plataformas de streaming do mundo.

A jornalista do Bloomberg referiu ainda que o anúncio oficial deve vir a público esta quarta-feira(10), apesar de a plataforma se ter recusado a comentar a situação. As finanças da empresa deverão estar no cerne do problema.

Leia também:

Recorde-se que, no final de 2023, a Twitch havia revelado que, em fevereiro de 2024, irá encerrar os seus serviços na Coreia do Sul, uma vez que tem somado perdas significativas e não encontra caminho para recuperar.