Fotografia: Twitch

Esta sexta-feira, 23 de fevereiro, a Administração Nacional de Loterias da Turquia baniu as plataformas de streaming, Twitch e KICK. Dez dias antes, dia 13 de fevereiro, o país abriu uma investigação contra a KICK e o banimento surgiu pouco tempo depois.

Segundo o jornalista, Ibrahim Haskoloğlu, a KICK terá entrado no mercado turco com um forte investimento voltado para apostas. Para além de estar ligada a várias casas de apostas mundialmente conhecidas, a plataforma é também gerida por uma destas.

Ora, a entrada na Turquia levou vários jovens turcos à participação em jogos de casino. O jornalista salientou que, ao falar com alguns “funcionários turcos”, estes acreditam “que a entrada do KICK na Turquia tinha como objetivo atrair os jovens turcos para a roleta”.

Como resposta ao problema, o país decidiu banir a plataforma da KICK e, por consequência, tomou as mesmas medidas relativamente à Twitch. As duas plataformas disponibilizam o acesso a várias transmissões voltadas para as apostas e a Turquia quer prevenir a chegada aos mais novos.