mertz
Fotografia: DreamHack

Daniel “mertz” Mertz, jogador dinamarquês de CS:GO, assinou, no início de novembro, pela Sashi. Menos de 30 dias depois, o jogador anunciou a sua saída da organização.

O mais insólito desta situação é que já não é a primeira vez que isto acontece. Ora, a 17 de outubro, mertz anunciou que iria deixar o Valorant, para se voltar a dedicar à sua carreira de jogador de CS:GO.

Cerca de dois dias depois, dia 19 de outubro, o atelta foi anunciado como jogador da The Prodigiesconfirmando assim o seu regresso ao mundo do CS:GO. Esta equipa era um projeto ainda muito recentre, criado pela Prodigy Agency.

O intuito deste projeto foi sempre dar maior visibilidade aos jogadores, não tendo estes cláusula de rescição, pelo que eram livres de sair a qualquer momento. E mertz assim o fez.

Cerca de 15 dias depois de se juntar à The Prodigies, o dinamarquês foi anunciado como reforço da Sashi. Contudo, o AWPer não iria integrar o lineup principal, sendo assim o primeiro reforço do roster secundário que a equipa iria criar.

Uma vez mais, a estadia foi curta e esta quinta-feira, dia 2 de dezembro, através de uma publicação partilhada na sua conta de Twitter, o jogador anunciou que estaria de saída da organização dinamarquesa.

Ou seja, num espaço inferior a um mês e meio, o jogador de 24 anos regressou ao CS:GO, integrou duas equipas e também as abandonou, encontrando-se agora livre para assinar por outra equipa, algo que o mesmo já revelou interesse.