roman SAW MLP
Fotografia: Miguel Pinto/Fraglider

O MVP da décima edição da Master League Portugal (MLP), Ricardo “roman” Oliveira, analisou o triunfo da SAW na competição logo após o término da mesma. Em entrevista ao FRAGlíder, o jogador português refletiu também sobre o 2022 da equipa, que ainda tem algumas competições para disputar.

“É uma vitória muito importante para nós, porque queríamos voltar às vitórias em LAN”, começou por dizer o atleta natural de Braga. O jogador de 30 anos passou depois a analisar o que foi o 2022 da SAW até ao momento, ainda que o ano não esteja terminado para os warriors.

Se no panorama ibérico, as coisas não correram sempre bem para a equipa, que conseguiu este domingo na MLP a primeira grande vitória do ano nas competições domésticas, foi no desempenho internacional que roman encontrou os pontos mais positivos. “Qualificamo-nos para dois RMR, estivemos a um passinho do Major e ganhámos um torneio internacional há pouco tempo. Em termos internacionais, foi um sucesso”, atirou.

Para 2023, o grande objetivo é um: a terceira presença consecutiva no RMR. Mas, por agora, roman aponta a “subir no ranking e estar entre as melhores equipas do Mundo”“É para isso que jogamos e damos a nossa vida nisto”, concluiu.