Fotografia: ESL

Depois de, em finais de novembro, ter anunciado o regresso inédito ao competitivo de Counter-Strike, a 3DMAX assegurou um lugar na próxima ESL Pro League. A organização que conta com o ex-quinteto da Looking4Org, perdeu apenas um jogo no brilhante percurso pela ESL Challenger League Season 46.

No Grupo C da competição, o mesmo onde se encontrava a organização portuguesa, SAW, a 3DMAX perdeu o único duelo em toda a prova. A formação francesa perdeu diante da Spirit, mas somou triunfos contra EYEBALLERS, Pompa, RUBIK e SAW. O bom desempenho do conjunto carimbou a passagem direta ao High Group da ESL Challenger.

Ora, nesta fase, a 3DMAX entrou direta na meias-finais da Upper Bracket, e precisou de vencer apenas dois jogos para estar na prestigiada competição. O duelo inaugural frente a Apeks não teve discussão, e a turma gaulesa carimbou o triunfo por 2-0. A derradeira partida disputou-se na última quinta-feira, diante da organização checa, SINNERS. Aqui, Thomas “Djoko” Pavoni e companhia até entraram em desvantagem, mas conseguiram dar a volta ao resultado nos mapas seguintes (2-1).

O lineup da 3DMAX que garantiu a qualificação:

Ali “hAdji” Haïnouss
Bryan “Maka” Canda
Pierre “Ex3rcice” Bulinge
Thomas “Djoko” Pavoni
Lucas “Lucky” Chastang

Nesta competição, a SAW acabou eliminada na Lower Final do Mid Group. A turma portuguesa deixou boas indicações durante a prova, mas acabou por cair frente à rival ibérica, Movistar Riders.