Fotografia: PGL

Na noite do último domingo, dia 3 de março, a Imperial assegurou a qualificação para o primeiro Major de Counter-Strike 2. A turma canarinha somou três vitórias consecutivas no RMR Americas e garantiu a presença em Copenhaga.

Ora, o apuramento para a prestigiada competição, trouxe um misto de histórias à equipa canarinha. Para Lucas “decenty” Bacelar e Kaiky “noway” Santos, este será o primeiro Major das suas carreiras. Inclusive, para noway, o RMR Americas foi o primeiro evento LAN em que participou.

Pois bem, se para os jovens esta será a primeira grande competição da VALVe, para Henrique “HEN1” Teles, experiente AWPer brasileiro, será apenas a segunda. O jogador de 28 anos já não pisava os palcos do Major desde 2017, época em que chegou à Grande Final ao serviço da Immortals.

Caminhada da Imperial no RMR:

No PGL Major Krakow 2017, HEN1 foi um dos responsáveis pelo brilharete da formação canarinha. Acompanhado pelo atual treinador, Rafael “zakk” Fernandes, o AWPer registou o segundo lugar da maior competição do cenário, depois de ter perdido a Grande Final contra a Gambit.

Sete anos depois, o brasileiro volta ao grande palco internacional. Após a última qualificação, HEN1 representou equipas como 100 Thieves, FURIA, 00Nation, GODSENT e MIBR, e nunca havia conseguido regressar à prestigiada prova.