Fotografia: Thour

Lançado há cerca três meses e meio, o Counter-Strike 2 continua a sofrer com diversos bugs. Desta vez, foi o treinador da Nouns, Kory “Semphis” Friesen a recorrer às suas redes sociais para partilhar uma nova falha no FPS da VALVE.

O treinador da equipa norte-americana terá descoberto este bug, após a equipa ter perdido uma ronda, durante os qualificadores para o Major, graças a este erro.

Segundo o que é descrito pelo treinador de 34 anos, caso um jogador adversário esteja com um molotov nas mãos, este fica invisível contra um AWPer que esteja a utilizar o double scope. Este erro acontece tanto nos modelos de terrorista como nos contra-terroristas e, surge contra inimigos que estejam a apontar de AWP ou Scout.

A última atualização feita pela VALVE ao Counter-Strike 2 aconteceu no dia 4 de janeiro. Neste update, a empresa norte-americana corrigiu o erro dos filtros da NVIDIA, que funcionavam como wallhack. Há mais de 10 dias que a VALVE não lança atualizações para o CS2.