Fotografia: theMAKKU/HLTV

A ENCE passou por uma reformulação do lineup de Counter-Strike no final de 2023. A organização finlandesa contratou três elementos à 9INE, mas, antes disto, terá tentado adquirir parte do elenco da Monte, segundo o que foi revelado pelo CEO da organização ucraniana, Dmitry Vovk, em entrevista ao players.com.ua.

O CEO da Monte admitiu que a ENCE tentou adquirir alguns jogadores da organização ucraniana, mas, estes não terão tido interesse em mudarem de ares e, assim, as negociações não seguiram em frente. Nem sequer chegámos a discutir o preço. A oferta não chegou até mim. Primeiro, passa pelos jogadores, se eles têm interesse na transferência, para depois chegar até à direção e estabelecermos um preço”.

O investimento da Falcons no cenário competitivo de Counter-Strike afetou a ENCE, que perdeu três jogadores, Alvaro “SunPayus” Garcia, Marco “Snappi” Pfeiffer e Pavle “maden” Bošković, para a organização saudita. Reduzida a dois elementos, a ENCE terá procurado completar a equipa ao contratar três jogadores à Monte, mas, os atletas acabaram por não estar interessados e, as negociações, rapidamente, caíram por terra.

A organização finlandesa viria a contratar três elementos à 9INE, Krzysztof “Goofy” Górski, Kacper “Kylar“Walukiewicz e Aleksander “hades” Miskiewicz, ficando assim com a vaga no RMR da organização polaca, uma vez que passou a possuir a maioria do core de Counter-Strike da mesma.

fnatic tambémterá tentado adquirir jogadores à Monte

A ENCE não terá sido a única equipa a tentar recorrer aos jogadores da Monte para reforçar o seu elenco de Counter-Strike. Dmitry Vovk revelou que ouviu rumores de que a fnatic tentou adquirir Szymon “kRaSnaL” Mrozek.

Acho que a fnatic estava interessada no kRaSnaL. Não posso confirmar com toda a certeza, mas, foi o que eu ouvi. Pode não ser verdade, mas, provavelmente, eles tinha interesse” revelou o CEO da organização ucraniana, que revelou ainda que não iria dificultar a saída de nenhum jogador, afirmando: Se um jogador quer sair, porquê mantê-lo? Certamente, ele não irá dar 100%, não estará motivado, porque vai estar a ser prisioneiro do clube”.

Apesar do interesse de ENCE e fnatic, a Monte conseguiu manter o seu quinteto junto para o ano de 2024.