Fotografia: Helena Kristiansson/ESL

O acordo de aquisição da FaZe Clan por parte da GameSquare está atrasado e, assim, o mesmo apenas não estará terminado no final de 2023, tal como estava inicialmente previsto e, só deverá estar fechado em fevereiro de 2024.

A GameSquare já anunciou que pretende adquirir a FaZe e, tem a intenção de fundir as duas empresas. Porém, a transação ainda não foi fechado e a organização norte-americana emitiu um pedido de alteração do acordo de fusão, adiando a data final do mesmo de 31 de dezembro de 2023 para 15 de fevereiro de 2024. A GameSquare também acabou por emitir um pedido a confirmar este adiamento de data.

Enquanto GameSquare e FaZe prosseguem o acordo de fusão, Jason Lake estará à procura de um investimento externo de modo a readquirir a Complexity. Com a possível reaquisição, Jason Lake poderá evitar um potencial conflito de interesses, uma vez que as equipas de Counter-Strike das duas organizações de esports poderiam passar a ser detidas pela mesma empresa e, assim, provavelmente, não iriam poder competir nos mesmos torneios.

Uma vez que o acordo ainda não foi fechado e, apesar da VALVE e da ESL continuarem atentas a este possível conflito de interesses, as duas equipas foram convidadas para disputar o IEM Masters Katowice, torneio agendado para arrancar no final de janeiro de 2024.