Fotografia: HLTV

Tiago “JUST” Moura foi jogador da SAW desde 2020 até abril de 2023. Após ter estado ao serviço da organização portuguesa rumou a terras espanholas, onde atualmente, atua pela Movistar KOI. O rifler de 27 anos falou sobre como estava a ser a experiência na organização espanhola no último episódio do podcast “À prova de bala”.

O atleta português de 27 anos começou por revelar como surgiu a hipótese de rumar à Movistar. A Movistar Riders era uma equipa que já tinha demonstrado interesse em mim, quando estava nos SAW. Já me tinham abordado e acabei por não aceitar, porque estava a gostar daquilo que tinha e identificava-me com a equipa. Depois de ter saído da SAW, tive algumas equipas que vieram falar comigo. De certa maneira, estava à espera da Movistar, porque sabia que mais cedo ou mais tarde ela ia chegar. Sempre tive interesse em jogo com o ALEX e com o mopoz”.

Com pouco mais de seis meses ao serviço da organização espanhola, num período inconstante com várias alterações, JUST admite que a adaptação está a ser fácil e está a ser uma boa experiência. A nível de adaptação, acho que me adaptei muito bem, mesmo a comunicação, que falamos em espanhol. Muita coisa mudou como nomes de posições e táticas. O que acho que mudou mais até foi dentro do jogo, porque comunicar acho que me consigo expressar bem e não tenho problemas. Estou a gostar bastante de estar lá admitiu.

JUST foi mais a fundo e falou dos aspetos que está a gostar mais na Movistar KOI, comparando a organização espanhola com a SAW. Quando o AIm estava na SAW, ele de certa forma tentava gerir tudo e, isso não acontece nas equipas de topo. A Movistar tenta copiar um pouco isso e, na SAW isso faltou-nos. Acho que um treinador pode fazer muita coisa, mas, acho difícil ele gerir tudo” começou por dizer.

“O Galder junto com o psicólogo desportivo, que nos acompanha diariamente, quer seja em treinos, oficiais, meetings, e com o nosso preparador físico, eles trabalham componentes fora do jogo, que na SAW não tínhamos esse hábito. Eles têm um conjunto de ferramentas fora do servidor, que na SAW não usávamos e, eu tenho a certeza absoluta, que os melhores utilizam isso e, é algo muito importante” concluiu.

Todas estas ferramentas e formas de trabalhar surpreendaram JUST, que admitiu não conhecer a existência das mesmas, mas, reconheceu os benefícios. A mim surpreendeu-me porque eu não conhecia estas coisas, mas acho que é algo que em relação à SAW tem muitos benefícios.