JUST-Movistar-Riders-ESL-Pro-League-S18
Fotografia: ESL

Tiago “JUST” Moura e Renato “stadodo” Gonçalves falharam a primeira oportunidade de assegurar uma vaga no PGL Major Copenhagen 2024 RMR. A dupla portuguesa que atua pela KOI foi derrotada pela Ex-ThunderFlash por 2-1.

À imagem dos seus compatriotas, os portugueses da KOI arrancaram a série no Nuke. Escolhido pela formação polaca, esta começou a atacar e, uma entrada muito forte, fez com que saísse para o intervalo na frente por 7-5.

Os espanhóis tinham tarefa hercúlea de recuperar no T Side e complicou-se ainda mais com nova entrada em falso. Ainda assim, os jinetes não baixaram os braços e operaram uma grande recuperação para empatar o marcador (12-12). No prolongamento, Renato “stadodo” Gonçalves brilhou com uma ronda decisiva e ofereceu o triunfo por 16-13 à sua equipa.

A KOI arrancou a série com o é direito, mas as coisas complicaram-se para o elenco espanhol, com uma forte entrada dos polacos no Vertigo, conseguindo oito rondas de vantagem durante a primeira parte, 10-02. Apesar do esforço de stadodo e companhia para recuperarem a desvantagem, a Ex-ThunderFlash viria a carimbar o triunfo por 13-8.

Com a série empatada, foi necesário recorrer a Ancient para decidir qual destas equipas iria assegurar já a vaga no RMR. A KOI entrou fria no mapa decisivo e, permitiu que Mateusz “TOAO Zawistowski ganhassem vantagem. A reação dos espanhóis surgiu e a partida equilibrou, sendo bastante disputada. Apenas na última ronda, a Ex-ThunderFlash conseguiu derrotar a KOI com o marcador a assinalar 13-11.

Resultado da partida:

KOI Ex-ThunderFlash
16 Nuke 14
8 Vertigo 13
 11 Ancient 13

 

Esta derrota não coloca a KOI fora do qualificador fechado e, o sonho de JUST e stadodo estarem no RMR permanece vivo. O elenco espanhol encontra-se, agora, com um registo de duas vitórias e duas derrotas e, já de seguida, irá disputar a última ronda do qualificador fechado, onde vai lutar pela passagem à fase que antecede o Major.