Fotografia: Miguel Pinto/Fraglider

O antigo In-Game Leader da OG, Nemanja “nexa” Isakovic, partilhou a sua opinião sobre Abdul “degster” Gasanov durante o podcast de Duncan “Thorin” Shields, Strat Book.

nexa foi colega e capitão de degster na OG, desde julho de 2022 até fevereiro de 2023. O sérvio deu a sua opinião sobre o AWPer russo, revelando que é bastante difícil trabalho com ele. O degster é uma pessoa muito difícil de trabalhar. Ele tem talento e habilidade, mas, quer que tudo seja feito à sua maneira. Ele tira muito espaço a toda a gente na equipa, mas mesmo assim é ingrato, porque ainda quer mais e está sempre a culpar os outros por todos os erros” começou por dizer.

“Eu diria que ele tem um ego muito grande. Eu acho que está tudo bem em se ter um ego grande, se existirem números e estatísticas para comprovar isso, e se estiver realmente a ajudar a equipa a vencer, mas, acho que no caso dele, as estatísticas vêm a custo de outros jogadadores. O seu estilo de jogo não é benéfico para nenhuma equipa, e ele é muito teimoso, não está disposto a mudar ou a adaptar-se à maneira como vê o jogo” concluiu o agora atleta da G2.

Apesar das críticas feitas a degster, nexa acredita que o jogador de 22 anos tem bastante potencial e pode chegar longe se mudar a sua mentalidade. “Ele é um grande jogador e acredito que se ele conseguir ver o jogo da perspetiva de outra pessoa e não apenas da sua, ou talvez se ele conseguir um líder que defenda as suas ideias, acho que poderá ser um jogador muito bom no futuro”.